Francis Ngannou elogia Jon Jones, mas diz que considera o norte-americano como um meio-pesado

Campeão dos pesados, camaronês afirma que ‘Bones’ é um dos atletas mais talentosos da história do esporte

F. Ngannou (esq.) segue sonhando em um confronto contra J. Jones (dir.). Foto: Montagem SUPER LUTAS

Em meio à preparação para luta no UFC 271 contra Ciryl Gane, Francis Ngannou teceu comentários sobre outro possível adversário no futuro. Em vídeo publicado no ‘YouTube’, o camaronês surpreendeu ao elogiar Jon Jones, mas afirmou que ainda considera ‘Bones’ como meio-pesado (até 93kg.).

PUBLICIDADE:

Veja Também

Jon Jones ainda é um meio-pesado, pois nunca lutou nos pesados. É um dos caras mais talentoso do esporte, manteve seu cinturão por muito tempo em uma divisão que os atletas batem forte. Ele é um atleta completo na trocação e no jogo de chão. É um dos melhores lutadores da história do esporte”, afirmou Ngannou.

Além disso, apesar de estar em preparação para medir forças contra Ciryl Gane, o campeão dos pesados (até 120,2kg.) admite que Jones era sua ‘primeira prioridade’ antes de acertar contrato contra seu ex-parceiro de treinos.

PUBLICIDADE:

“Acho que era a luta que nós estávamos olhando com carinho. Acreditamos que será uma luta com muita força e ótima para todos. Trabalhamos por muito tempo pensando no duelo, mas acho que os Estados Unidos não querem que o combate saia do papel”, concluiu.

Detentor do título linear da organização, Francis Ngannou conquistou o cinturão ao nocautear Stipe Miocic no UFC 260, que aconteceu em março deste ano. O atleta, agora, tem um retrospecto de 16 triunfos e três reveses em sua carreira como profissional.

PUBLICIDADE:

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano