Michael Bisping revela que lutou lesionado contra St-Pierre e diz que o venceria, em caso de um novo duelo

Derrotado pelo canadense em 2017, o ex-campeão dos médios revelou que não estava saudável no confronto e crava que o final seria diferente, em caso de revanche

M. Bisping enfrentou G. St-Pierre em 2017 (Foto:Reprodução/Instagram MikeBisping)

Destronado do posto de líder dos médios (até 83,9kg) por Georges St-Pierre, Michael Bisping acredita que o final do confronto poderia ter sido diferente. Em declaração dada em seu canal oficial no ‘Youtube‘, o britânico revelou que lutou lesionado na ocasião e cravou que teria vencido o duelo, caso estivesse saudável.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Lutador é retirado de evento na República Tcheca por tatuagem em apologia ao nazismo

Veja Também

“Eu iria esmagá-lo. Eu o teria esmagado naquela noite, mas estava machucado. Eu estava bem ferido, tinha apenas um olho e minhas costelas foram dilaceradas”, disse Bisping.

PUBLICIDADE:

Michael e GSP se enfrentaram em novembro de 2017, no UFC 217. Na ocasião, Bisping era o campeão dos médios e o canadense retornava ao octógono após quatro anos afastado por aposentadoria. O ex-líder dos meio-médios (até 77,1kg) não tomou conhecimento do britânico e o derrotou por finalização no terceiro round.

Em junho de 2016, quando já possuía 10 anos como lutador do Ultimate, Michael alcançou a glória máxima de um atleta de MMA ao conquistar o cinturão do UFC. Na ocasião, o britânico nocauteou Luke Rockhold no primeiro round e se tornou campeão da divisão até 83,9kg. O combatente se aposentou em novembro de 2017 com 30 triunfos e nove reveses no MMA profissional.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico