Michael Bisping elogia Francis Ngannou, mas diz que camaronês não teria sucesso no boxe

Atual comentarista acredita que campeão dos pesados tem brechas em seu jogo e teria que se adaptar para competir na ‘nobre arte’

M. Bisping fala sobre possível migração de F. Ngannou ao boxe. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Com grande poder de nocaute, não é exagero dizer que o campeão dos pesados (até 120,2kg.), Francis Ngannou, é um dos atletas mais perigosos da atualidade. Ele, inclusive, já admitiu interesse em se testar no boxe e a possível migração à ‘nobre arte’ segue em debate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

E, em um vídeo no canal do ‘YouTube’, Michael Bisping tratou de elogiar Francis Ngannou, mas expôs brechas no jogo do camaronês para justificar que o mesmo poderia ter problemas em sua aventura no boxe.

“O ‘homem’ (Ngannou) é absolutamente aterrorizante e bate muito forte. Porém, contra um boxeador, ele não poderia fazer isso, pois enquanto se movimenta deixa muitas aberturas. Se ele acertar um golpe, você está f*****. Não há razão para ele não conseguir boxear, mas teria que adaptar seu jogo para nocautear pugilistas”, afirmou Michael Bisping.

PUBLICIDADE:

Detentor do título linear da organização, Francis Ngannou conquistou o cinturão ao nocautear Stipe Miocic, em março do último ano. O atleta, agora, se prepara para sua primeira defesa de título contra o ex-parceiro de treinos Ciryl Gane, no UFC 270. Ele tem um retrospecto de 16 triunfos e três reveses em sua carreira como profissional.

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico