Cejudo classifica duelo entre Volkanovski e Ortega como a maior luta da história do MMA

‘Triplo C’ argumenta que o duelo teve todas as áreas das artes marciais e, portanto, está no topo de lutas em todos os tempos

A. Volkanovski (esq.) e B. Ortega (dir.) deram show no UFC 266. Foto: Reprodução/Instagram

As artes marciais mistas oferecem, com frequência, verdadeiras ‘guerras’ que entram para a história entre os melhores combates que os fãs já presenciaram no esporte. Porém, na temporada de 2021, a luta principal do UFC 266 chamou a atenção de Henry Cejudo.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em seu podcast com ‘The Schmo’ no ‘YouTube’, o norte-americano afirmou que o duelo protagonizado por Alexander Volkanovski e Brian Ortega, vencido pelo australiano na decisão unânime dos juízes, foi não só a ‘Luta do Ano’, mas também conseguiu o status de maior de todos os tempos.

“Essa não é, para mim, só a Luta do Ano. É a maior luta da história do MMA. Eles mostraram trocação, defesas e quedas, fuga de finalizações, ataques e contra-ataques. Ou seja, teve de tudo”, afirmou Cejudo.

PUBLICIDADE:

Apesar do coro do ‘Triplo C’, oficialmente, o duelo entre Justin Gaethje e Michael Chandler acabou faturando o prêmio de ‘Luta do Ano’ no UFC. Aposentado desde maio de 2020, Henry Cejudo ensaia volta ao octógono da organização e já declarou publicamente seu desejo de se testar na divisão dos penas (até 65,7kg.), liderada pelo próprio Volkanovski.

O australiano, por sua vez, terá a trilogia contra Max Holloway no UFC 272 do dia 5 de março como sua próxima defesa de título. Inclusive, Alexander já venceu o havaiano em duas oportunidades, apesar de ambos terem sido equilibrados.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico