Vítima de Do Bronx, Dustin Porier diz que aguarda posição de Nate Diaz para confirmar próximo desafio

Ex-campeão interino reforça desejo de encarar ‘bad boy’ e afasta de vez a possibilidade de aposentadoria

D. Poirier é o atual número dois no ranking dos leves. Foto: Reprodução/Instagram

Vítima de Charles do Bronx no UFC 269, Dustin Poirier afastou de vez a possibilidade de abandonar o MMA. Disposto a retornar à ativa após perder novamente a chance de vestir um cinturão linear do Ultimate, o norte-americano reformou o desejo de encarar Nate Diaz.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Não vou fazer mistério. É Nate Diaz (quem deseja enfrentar na sequência). Não vou dizer em qual card, qual a data. Ele disse: ‘vamos lutar’. Eu respondi que ‘sim’. Agora, estou esperando por ele”, afirmou Porier, em entrevista ao ‘The Fight WTA’.

Em dezembro de 2021, Dustin viu a chance de chegar ao topo absoluto dos leves (até 70,3kg.) escapar pela segunda vez na carreira. Em 2019, o norte-americano já havia perdido a oportunidade quando encarou Khabib Nurmagomedov em duelo pela unificação do título.

PUBLICIDADE:

Agora, Poirier está disposto a retornar à ativa em um duelo que pode representar um novo sucesso financeiro. Na temporada passada, antes da derrota para Do Bronx, o ‘Diamante’ realizou dois embates contra Conor McGregor, que renderam aos atletas cifras consideráveis.

Mais distante do título, Dustin, hoje, é o segundo colocado no grupo dos leves. De olho em Diaz, o combatente não informou em qual categoria o confronto poderia ser realizado.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico