Após polêmica, Brandon Royval acusa Rogério Bontorin de ter desistido de luta em triângulo

Norte-americano destacou que aplicou sua força máxima para conseguir a finalização e acredita que brasileiro tenha ‘tocado’ em desistência; ele venceu o combate na decisão dividida

Em luta equilibrada, R. Bontorin (esq.) é derrotado por B. Royval (esq.). Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Apesar de terminar com a incômoda série de duas derrotas em série, Brandon Royval não teve ‘vida fácil’ contra Rogério Bontorin no UFC Las Vegas 46 do último sábado (15). Em resultado controverso, o norte-americano conseguiu a vitória na decisão dividida dos juízes, mas sente que poderia ter vencido durante o combate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em entrevista coletiva pós-evento, Royval não poupou críticas ao árbitro do duelo por não ter parado após uma suposta desistência de Bontorin no terceiro round. Ele, inclusive, afirmou que aplicou toda sua força na execução do golpe para que pudesse vencer.

“Estou feliz por estar aqui depois de uma vitória, mas ele tocou (em desistência). Vocês viram aquilo? Eu achei que ele bateu. Estava girando com seu braço em um sentimento de: ‘Me tire daqui, quero ir para casa’ e joguei tudo naquele triângulo. Acho que ele bateu”, criticou Brandon.

PUBLICIDADE:

Após ser derrotado por Brandon Moreno e Alexandre Pantoja, Brandon Royval se recupera e voltou a triunfar na organização. Em sua carreira, ele conta com um retrospecto de 17 resultados positivos, três negativos e uma luta ‘sem resultado’.

Rogério Bontorin, por sua vez, sofreu sua terceira derrota seguida, sendo a quarta na carreira. Ele tem um cartel de 16 resultados positivos, quatro negativos e um empate.

PUBLICIDADE:

VÍDEO: Bateu ou não? Confira a suposta desistência de Bontorin em triângulo aplicado por Royval

 

PUBLICIDADE:

Podcast #63: Blachowicz merece enfrentar Glover pelo cinturão do UFC? Lyoto perde no Bellator e se complica