De volta ao trono dos moscas, Deiveson explica sorrisos a Moreno durante luta no UFC 270

Imagem eufórica de brasileiro em ‘guerra’ no octógono chama atenção; paraense superou mexicano por pontos

D. Figueiredo derrotou B. Moreno no UFC 270. Foto: Reprodução/Instagram

Com grande atuação na vitória sobre Brandon Moreno no UFC 270, realizado neste sábado (22), algo a mais chamou atenção na performance do brasileiro. De volta ao trono dos moscas (até 56,7kg.), depois de superar o rival na trilogia, o paraense, por vezes, foi ‘clicado’ sorrindo para o adversário durante a batalha de cinco rounds. Questionado sobre a motivação em coletiva após o show, o ‘Deus da Guerra’ se explicou.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu fico feliz quando eu encontro um adversário que me proporciona uma luta incrível como hoje. A luta foi insana, sangrenta, do jeitinho que o público gosta. Eu me divirto. Fico feliz quando isso acontece”, justificou.

O UFC 270 marcou o terceiro encontro entre Figueiredo e Moreno no octógono. Com um empate e um triunfo para o mexicano, Deiveson somou seu primeiro resultado positivo diante de Brandon.

PUBLICIDADE:

Para reassumir o posto perdido em junho de 2021, o brasileiro reformulou sua preparação para confrontos. O atleta passou a treinar com Henry Cejudo, seu antigo rival e ex-campeão da categoria, que foi um dos responsáveis pela evolução do paraense.

No octógono, Figueiredo e Moreno deram um verdadeiro show para os espectadores do UFC 270. Por 25 minutos, os protagonistas atuaram de forma agressiva. Ao fim de cinco rounds, o ‘Deus da Guerra’ foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276