Joe Rogan vê Borrachinha ainda abalado mentalmente por Adesanya e dá conselho ao brasileiro

Principal comentarista do UFC diz entender motivo de mau momento do brasileiro, que vem de duas derrotas consecutivas

I. Adesanya (esq.) aplica chute em P. Borrachinha (dir.) no UFC 253. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Principal comentarista do UFC, Joe Rogan tem algo a dizer a Paulo Borrachinha. Peça fundamental da empresa nas transmissões norte-americanas, o analista enxerga o mau momento da estrela brasileira como consequência da derrota sofrida para Israel Adesanya, em setembro de 2020. Em seu podcast, o profissional criticou o ‘ego’ do mineiro e mandou um conselho para que o atleta se restabeleça na carreira.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Acho que a luta contra Adesanya foi um golpe mental real. Houve muitas desculpas. Israel o acendeu, como uma árvore de Natal. Não foi um confronto competitivo em qualquer cenário. Quando você é um cara que massacrava todos e freou Yoel Romero, você se sente um destruidor, mas vem um cara magrelo, acaba com você e tenta te fod** por trás”, disse Rogan.

A declaração de Joe não contou apenas com críticas à atuação de Paulo no UFC 253. O comentarista aproveitou o espaço para dar um conselho ao brasileiro.

PUBLICIDADE:

“Vou dizer algo: o melhor a se fazer nesta posição é aceitar que ele perdeu. Ele teve o traseiro chutado. O fato de tentar encontrar desculpas apenas deixa a situação difícil para ele a longo prazo. Ele arruma desculpas porque seu ego não consegue encarar o fato que o ‘Palhaço Magrelo’ o atropelou”, encerrou.

Estrela brasileira nos médios, Borrachinha soma dois reveses consecutivos, algo inédito na sua carreira. Derrotado por Marvin Vettori em seu retorno ao octógono, o mineiro ainda não tem compromisso confirmado para 2022. Hoje, o ex-desafiante ao título é o quinto colocado no ranking.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276