Daniel Cormier vê sentido em possível disputa de cinturão interino entre Jon Jones e Stipe Miocic

Ex-campeão da divisão, DC acredita que a criação de mais um cinturão interino seja a melhor solução na ausência de Ngannou

S. Miocic (esq.) e J. Jones (dir.) podem se enfrentar na divisão dos pesados. Foto: Montagem: SUPER LUTAS

Sem Francis Ngannou, que ficará fora de ação pelo resto do ano por conta de uma lesão após unificar os cinturões no UFC 270, o futuro da divisão dos pesos pesados (até 120,2 kg) do UFC é uma incógnita. Para o ex-campeão e atual comentarista Daniel Cormier, a solução é criar mais um cinturão interino.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Francis Ngannou passará por uma cirurgia no joelho para reparar graves lesões sofridas antes da luta contra Ciryl Gane, em janeiro. Com o campeão impossibilitado de defender o cinturão, Daniel Cormier acredita que Jon Jones e Stipe Miocic devam se enfrentar pelo título interino.

“Acho que veremos outro título interino. Para mim, o que faz sentido para o título interino é Stipe Miocic e Jon Jones. Acho que se você colocar esses dois juntos, não importa quem vença, quando Francis voltar teremos uma luta gigante”, explicou Cormier em seu programa na “ESPN” norte-americana “DC & RC”.

PUBLICIDADE:

Recordista de defesas de cinturão nos pesados, Stipe Miocic não entra em ação desde que foi destronado por Francis Ngannou em março de 2021, no UFC 260. Oponente de Miocic em três oportunidades, Cormier acredita que, caso haja um novo cinturão interino nos pesados, a presença do ex-campeão é obrigatória.

“Quanto a Miocic, acho que chegou a hora de dar a ele algum respeito. Se vai existir um título interino, não pode acontecer sem Miocic. Miocic é duro, resistente e tão bom quanto qualquer um da divisão. Ele contra Jon Jones era uma luta que todos queriam ver quando os dois eram campeões. Então você casa pelo título interino e também permite que as pessoas vejam se Jon Jones pode ou não competir nos pesados”, disse Cormier.

PUBLICIDADE:

Quanto a Jon Jones, com quem protagonizou uma das grandes rivalidades recentes no UFC, Daniel Cormier acredita que o ex-campeão dos meio-pesados deveria estrear lutando por um cinturão, ainda que interino, na nova categoria.

PUBLICIDADE:

“A realidade é essa. Se Jon Jones lutar nos pesados, você quer que tenha um cinturão em disputa. Você não quer ele apenas lutando. Eu costumava achar que poderiam colocar ele contra Curtis Blaydes ou qualquer outro. Mas não, você tem que colocá-lo em uma luta em que, caso ele vença, um cinturão seja colocado nele, mesmo que interino, porque só vai elevar a próxima luta”, finalizou.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano