AO VIVO

Acompanhe a PFL 5 2022, com esquadrão brasileiro em ação

Em ‘guerra’ com o UFC, Francis Ngannou não descarta possível aposentadoria: ‘Orgulhoso de mim mesmo’

Com o seu futuro indefinido dentro da organização, o campeão dos pesados não rechaçou a hipótese de pendurar as luvas

F. Ngannou em entrevista coletiva pós-evento. Foto: Reprodução/YouTube

Em ‘guerra’ com o UFC e com o seu futuro dentro da organização indefinido, o campeão dos pesados (até 120,2kg) Francis Ngannou não descartou uma possível aposentadoria. Em entrevista ao ‘MMA Fighting‘, o camaronês não rechaçou a hipótese de pendurar as luvas devido ao seu imbróglio com a empresa e disse que, caso isso aconteça, sentirá orgulho de tudo o que construiu em sua carreira.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Borrachinha diz não ter interesse em nenhuma luta que não seja a revanche contra Marvin Vettori

Veja Também

“Se este é o fim, cara, eu estou feliz. De onde eu vim, eu fiz muito. Algumas pessoas podem não ver isso. Mas eu fiz isso, e estou muito feliz com isso. Estou orgulhoso de mim mesmo, cara. Esse pode ser o meu ego, mas estou orgulhoso de mim mesmo e do que consegui. Não quero que tudo isso pegue o que eu tenho ou mude a mim e aos meus princípios. Meu princípio ainda é o mesmo do primeiro dia”, disse Ngannou.

PUBLICIDADE:

Campeão dos pesados desde março de 2021, Francis defendeu seu título com sucesso pela primeira vez contra o seu ex-parceiro de treinos Ciryl Gane. Após um início complicado, o camaronês virou o confronto e derrotou o francês na decisão unânime dos juízes. O combatente possui um cartel de 17 triunfos e três reveses no MMA profissional.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano