Ferguson alfineta Chandler e lamenta não ter recebido luta por cinturão linear em seu auge no UFC

Com três derrotas consecutivas em sequência, ‘Bicho Papão’ usa números para trazer insatisfação; veterano, no entanto, mantém otimismo

T. Ferguson (foto) vem de três derrotas consecutivas no UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Com três derrotas consecutivas no MMA, Tony Ferguson tornou pública sua insatisfação por não ter recebido uma oportunidade de lutar por um título linear no UFC em seu auge. Em negociação para enfrentar Michael Chandler em seu próximo compromisso, o ‘Bicho Papão’ usou as redes sociais para alfinetar o possível adversário, que, em pouco tempo na empresa, já atuou pelo trono dos leves (até 70,3kg.).

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Uma luta no UFC e recebe uma disputa de cinturão”, publicou Tony, se referindo a Chandler, em sua conta no Instagram.

Na sequência, Ferguson, que já vestiu o título interino dos leves, mas não chegou a ter um confronto pela unificação do mesmo, tratou de sua situação. Historicamente temido na categoria, o combatente usou os números de quando colecionava vítimas no octógono.

PUBLICIDADE:

“A maior série de vitórias no peso leve (12) e nunca recebeu uma luta pelo cinturão (linear)”, completou.

É fato que Ferguson esteve próximo de um confronto pelo trono absoluto da categoria, mas esbarrou ‘sina’ da histórica luta contra Khabib Nurmagomedov, que nunca chegou a acontecer.

PUBLICIDADE:

Hoje, perto de completar 38 anos, Tony amarga o pior momento em sua carreira como profissional no MMA. O atleta acumula três tropeços em sequência, algo inédito em sua trajetória no esporte.

PUBLICIDADE:

Além do mau momento, o ‘Bicho Papão’, atualmente, sequer figura no top 5 da categoria liderada por Charles do Bronx. Caso o confronto contra Chandler seja confirmado, o atleta poderá voltar à prateleira dos candidatos a uma futura luta pelo título.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano