De olho em chance pelo título, Derek Brunson surpreende e planeja mais duas lutas antes de se aposentar

Norte-americano, que enfrenta Jared Cannonier no UFC 271, diz que deseja terminar carreira cedo para que possa desfrutar de outros momentos fora do MMA

D. Brunson em vitória no UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Profissional desde 2010 nas artes marciais mistas, Derek Brunson começou a planejar sua aposentadoria dos octógonos. Às vésperas da disputa contra Jared Cannonier no UFC 271 do próximo sábado (12), o norte-americano afirmou que deseja se apresentar apenas mais duas vezes, independente do resultado do confronto, antes de ‘pendurar as luvas’ no esporte.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu não quero lutar até não poder mais. Estou na melhor forma, me sentindo bem. É só isso que estou pensando agora – vencer Cannonier, vencer Israel Adesanya e, depois, me aposentar. Fiz tudo o que precisava fazer nesta divisão. Estou sentindo falta de assistir jogos de futebol com minhas filhas. Isso é mais importante para mim do que correr atrás de dinheiro. Fui esperto e já ganhei dinheiro suficiente”, disse Brunson em entrevista no ‘media day’ do evento.

Com cinco vitórias consecutivas no currículo, Brunson está na quarta posição no grupo dos médios. Além de atuar no card, o atleta também aguarda o desfecho da revanche entre Adesanya e Robert Whittaker, visando uma possível chance pelo título dos médios (até 83,9kg.) do Ultimate. Em sua carreira, ele conta com um cartel de 23 triunfos e sete reveses.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276