Com respeito mútuo, Lewis e Tuivasa valorizam agressividade e prometem nocaute no UFC 271

Norte-americano e australiano se enfrentam na segunda luta mais importante da noite; combate é válido pela divisão dos pesados (até 120,2kg.)

D. Lewis (esq.) enfrenta T. Tuivasa (dir.) no UFC 271. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Na segunda luta mais importante do UFC 271 do próximo sábado (12), Derrick Lewis e Tai Tuivasa medem forças em combate válido pela divisão dos pesados (até 120,2kg.). E, em entrevista coletiva de imprensa realizada na última quinta-feira (10), os dois atletas trocaram elogios, mas prometeram busca por nocaute.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Estou indo com o maior respeito (para o combate). Eu o respeito, mas quero acabar com ele. Quero nocauteá-lo’’, disse Lewis.

Logo em seguida, em clima descontraído, Tuivasa fez questão de não ‘deixar barato’ e também retrucou. O australiano, que tem 12 nocautes em suas 13 vitórias e em uma sequência de quatro triunfos na via rápida seguidos, prometeu entrar no octógono com o mesmo intuito.

PUBLICIDADE:

“Ou será a minha cabeça, ou a cabeça dele. Nós somos capazes de entreter os fãs e, agora, estamos indo com tudo para nocautear. É exatamente isso”, respondeu Tuivasa.

Profissional de MMA desde 2012, Tai Tuivasa chegou a estar pressionado e perto do risco de demissão, mas parou de oscilar e, em suas apresentações mais recentes, superou nomes como Stefan Struve, Harry Hunsucker, Greg Hardy e Augusto Sakai. Em sua carreira, são 14 resultados positivos e três negativos.

PUBLICIDADE:

Ex-desafiante ao título dos pesados, Derrick Lewis foi nocauteado por Ciryl Gane na disputa pelo interino. Ele, no entanto, se recuperou com outro nocaute diante de Chris Daukaus, em dezembro de 2021. O norte-americano possui um cartel de 26 triunfos e oito reveses no MMA profissional.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276