Apesar de nova derrota, Whittaker se diz confiante em trilogia com Adesanya no futuro

Australiano acredita que uma terceira luta contra o campeão dos médios (até 83.9kg.) é ‘inevitável’ no Ultimate

R. Whittaker em coletiva pós-UFC 271. Foto: Reprodução/YouTube

Apesar de ter sido superado pela segunda vez por Israel Adesanya, Robert Whittaker acredita que a história do confronto ainda não acabou. Em entrevista coletiva pós-UFC 271, evento realizado no último sábado (12), o australiano elogiou seu adversário e afirmou que uma trilogia é ‘inevitável’ na divisão dos médios (até 83,9kg.) do Ultimate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Honestamente, uma terceira luta com Izzy (Adesanya) é inevitável, pois vou vencer qualquer um que estiver em minha frente e acho que ele também fará isso. Eu não o vejo perdendo o cinturão tão cedo. Ele é bom e eu penso que sou a pessoa certa para vencê-lo”, afirmou Whittaker.

Whittaker perdeu o cinturão em outubro de 2019, justamente contra Adesanya, após ser nocauteado no segundo round. O lutador, em seguida, emplacou uma sequência de três triunfos e teve uma nova chance. Desta vez, no entanto, o roteiro se repetiu e ele acabou derrotado na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

Ex-campeão da divisão, Robert conta com um cartel de 24 triunfos e seis reveses na carreira. Em sua trajetória, o australiano já venceu nomes como Ronaldo Jacaré, Yoel Romero (2x), Jared Cannonier e Kelvin Gastelum.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276