Intimado por Cannonier, Dana confirma atleta como desafiante ao cinturão após massacre no UFC 271

Presidente do Ultimate se convence com performance de número três dos médios e garante lutador como adversário de Israel Adesanya

J. Cannonier (esq.) derrotou D. Brunson (dir.) no UFC 271. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Venceu e convenceu. A performance marcante de Jared Cannonier no confronto contra Derek Brunson, realizado neste sábado (12), em Houston (EUA), pelo UFC 271, rendeu ao atleta a sonhada chance de disputar o cinturão dos médios (até 83,9kg.). Depois de apresentação marcada por superação, o atleta intimou Dana White, e, pelo visto, foi atendido. Em coletiva após o show, o ‘chefão’ confirmou o atleta como desafiante ao título.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu estava empolgado para ver essa luta, como iria se desenrolar. Foi um confronto incrível. Eu não vou dizer ‘não’ para Cannonier”, cravou o mandatário.

Havia muita expectativa para o confronto entre Jared e Brunson, que aconteceu momentos antes da disputa de cinturão entre Israel Adesanya e Robert Whittaker. Com eventual vitória do nigeriano, que acabou acontecendo, Cannonier e Derek poderiam ser ‘promovidos’ a desafiantes.

PUBLICIDADE:

Atual número três no ranking, Jared não teve vida fácil contra o veterano. O combatente chegou próximo de ser finalizado no primeiro round, mas acabou salvo pelo gongo. Na segunda etapa, o lutador mudou a postura e se aproveitou do desgaste físico do adversário. O que se viu na sequência foi um nocaute avassalador.

Na mesma coletiva, White evitou sugerir quando acontecerá o embate entre Adesanya e Jared. A expectativa é que a luta aconteça nesta temporada, já que o campeão mostrou interesse em permanecer ativo na companhia.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276