De olho em Nate Diaz, Dustin Poirier fecha portas para quadrilogia com Conor McGregor

Vencedor nos dois últimos duelos contra o irlandês, o 'Diamante' deu a entender que pode mudar de ideia pela questão financeira

D. Poirier (esq.) e C. McGregor (dir.) em encarada Foto: Reprodução / Twitter

Otimista com a possibilidade de enfrentar Nate Diaz em breve, Dustin Poirier também tem seu nome ligado a outra luta com potencial histórico para o UFC: a primeira quadrilogia da história do Ultimate, contra Conor McGregor. A ideia, no entanto, não parece animar muito o norte-americano.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em entrevista concedida a diversos veículos de imprensa nos bastidores do UFC 271, Dustin Poirier, que saiu vitorioso nos dois últimos duelos contra Conor McGregor, revelou não ter motivações para enfrentar o irlandês pela quarta vezes e citou a questão financeira como único fator que pode fazê-lo mudar de ideia no futuro.

“Eu e Conor temos uma história. Enfrentá-lo no peso pena, depois subir, enfrentá-lo sete anos depois, derrotá-lo. Eu provavelmente não vou enfrentar Conor novamente. Não quero enfrentar Conor novamente. Para mim, essa porta está fechada. A única razão pela qual eu faria isso é por dinheiro. Eu o derrotei duas vezes seguidas. Será que eu posso melhorar minhas performances? Posso nocauteá-lo mais rápido? Posso fazer 10-7 nele? O que posso fazer? Eu já fiz. Se eu fizer de novo, é só por dinheiro”, garantiu Poirier.

PUBLICIDADE:

Dustin Poirier e Conor McGregor se enfrentaram pela primeira vez em 2014, com vitória por nocaute do irlandês, que começava sua trajetória na organização. Quase sete anos depois, em janeiro de 2021, os dois se reencontraram, dessa vez com vitória de Poirier, também por nocaute. Na trilogia, disputada em julho de 2021, melhor mais uma vez para o norte-americano, que saiu vitorioso por nocaute técnico após o irlandês fraturar a perna ao fim do primeiro round.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano