Empresário de Borrachinha pede mudanças ao pupilo para recuperação no UFC: ‘Colocar a cabeça no lugar’

Wallid Ismail ‘manda real’, fala em ‘parasitas’ ao redor do brasileiro e sugere ida do peso médio para grande equipe nos Estados Unidos

P. Borrachinha vem de duas derrotas consecutivas no UFC. Foto: Reprodução/Instagram @borrachinhamma

Agente de Paulo Borrachinha, destaque brasileiro no peso médio (até 83,9kg.) do UFC, Wallid Ismail abriu o jogo sobre o que pensa do mau momento de seu pupilo na organização. Em entrevista ao podcast ‘Mundo da Luta’, o ex-lutador ‘mandou a real’ a respeito da atual situação do mineiro, que não vence há duas lutas. O empresário chegou a sugerir uma mudança drástica na preparação do mineiro para seus confrontos.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Se o Borrachinha colocar a cabeça no lugar, ele vai ser campeão mundial. O cara é um fenômeno, mas precisa ter um ‘head coach’ (treinador principal) que ele acredite e respeite. Lutador não pode ser o próprio ‘head coach’. Eu já disse isso a ele”, afirmou Wallid.

Segundo Ismail, Paulo necessita de um nome de peso para que seu talento volte a sobressair sobre os demais representantes dos médios do UFC. Assim, o agente indicou o melhor caminho para a redenção do mineiro.

PUBLICIDADE:

“Se Borrachinha for para uma grande equipe nos Estados Unidos, com um treinador que diga a verdade para ele, sem os parasitas ao redor, ele vai explodir”, garantiu.

Nas últimas semanas, Paulo causou polêmica ao afirmar, em entrevista ao ‘Ag. Fight’, que apenas aceitaria retornar ao octógono por uma revanche diante de Marvin Vettori, seu último algoz. Sabendo da intenção do brasileiro, Ismail fez questão de contradizer o pupilo.

PUBLICIDADE:

“Hoje, nós estamos em um momento de reconstrução. Vamos lutar contra quem o UFC quiser”, encerrou.

PUBLICIDADE:

Antigo desafiante ao cinturão dos médios no Ultimate, Borrachinha vive um momento inédito na carreira. Depois de perder a invencibilidade diante de Israel Adesanya, em luta pelo título realizada em setembro de 2020, o mineiro amargou o segundo tropeço seguido na temporada passada, quando perdeu por pontos para Vettori.

Hoje, Paulo ocupa a quinta posição no ranking da categoria liderada pelo nigeriano. No momento, o mineiro segue sem adversário confirmado para sua estreia na temporada.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276