Última vítima de Cyborg dá show de resistência e, com joelho lesionado, supera rival por pontos no Bellator 275

Ex-desafiante ao título dos penas, Sinead Kavanagh atua por cerca de 10 minutos com problemas físicos, mas bate Leah McCourt

S. Kavanagh após vitória no Bellator 275. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Um verdadeiro show de resistência. A frase pode resumir a luta co-principal do Bellator 275, realizado nesta sexta-feira (25), em Dublin (IRL). Última vítima de Cris Cyborg na organização, Sinead Kavanagh foi capaz de suportar cerca de 10 minutos atuando com uma lesão no joelho diante de Leah McCourt. A atleta soube minimizar o drama e, ao fim de três rounds, foi declarada vencedora na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com a vitória, Kavanagh avança no peso pena (até 65,7kg.) e volta a sonhar com uma disputa de cinturão. Em seu último compromisso, a irlandesa foi duramente batida por Cyborg, em confronto válido pelo título.

Derrotada no show, McCourt não soube se aproveitar das complicações da adversária. Promessa da organização, a atleta da Irlanda do Norte sofreu o segundo tropeço em oito apresentações no MMA. A combatente ainda não sabia o que é perder no Bellator.

PUBLICIDADE:

Sinead Kavanagh x Leah McCourt

A luta

Logo no início do confronto, McCourt mostrou seu plano de jogo e levou Kavanagh para o chão. Por cima, Leah tentava passar a guarda e ensaiava uma finalização. Confortável, a atleta controlava as ações, enquanto a irlandesa apenas se defendia. Por baixo, Sinead surpreendeu e conseguiu reverter a posição e tentava uma Kimura. Com a posição encaixada, Leah deu show de resistência e conseguiu bravamente sair da posição, levando o público à loucura. O confronto voltou a ser disputado de pé, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, as atletas aprtiram para a luta agarrada logo nos segundos iniciais. Em vantagem, Kavanagh pressionava a rival contra as grades e tentava ampliar o bom momento. Na metade do round, McCourt conseguiu passar uma rasteira na oponente, mas acabou caindo por baixo. Leah conseguiu ficar de pé e Sinead seguia ‘colada’ à oponente. No minuto final, Kavanagh passou a atacar no ground and pound. Kavanagh acabou dando sinais de havia lesionado o joelho e desabou após um desequilíbrio.. Leah tentou se aproveitar do bom momento, mas o cronômetro zerou.

PUBLICIDADE:

Percebendo a lesão de Kavanagh, McCourt passou a atacar o joelho da adversário desde os segundos iniciais do último round. Sinead trocava de base, mas visivelmente sentia os ataques da rival. Kavanagh conseguiu se aproximar e partiu para a luta agarrada. McCourt reverteu e derrubou a oponente. Por cima, Leah golpeava, enquanto Sinead apenas se protegia. Nos segundos finais, Kavanagh conseguiu ficar por cima e atacava a oponente com ‘marteladas’, mas não havia mais tempo.

Resultados do Bellator 275

CARD PRINCIPAL

PUBLICIDADE:

Peso meio-médio (até 77kg.): Gegard Mousasi derrotou Austin Vanderford por nocaute técnico a 1m25s do R1 – Luta pelo cinturão

Peso pena (até 65,7kg.): Sinead Kavanagh derrotou Leah McCourt na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso pena (até 65,7kg.): Ciaran Clarke derrotou Abou Tounkara por nocaute técnico (desistência por lesão) a 5m do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Khasan Magomedsharipov derrotou Jose Sanchez na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-27)

Peso galo (até 61,2kg.): Jornel Lugo derrotou Brian Moore na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso galo (até 61,2kg.): Brett Johns derrotou Khurshed Kakhorov por nocaute técnico a 3m do R3

Peso leve (até 70,3kg.): Davy Gallon derrotou Charlie Leary por nocaute técnico a 3m01s do R2

Peso palha (até 52,1kg.): Stephanie Page derrotou Danni McCormack por nocaute técnico a 1m46s do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Darragh Kelly finalizou Junior Morgan com uma guilhotina a 1m47s do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Vladimir Tokov derrotou Daniele Scatizzi na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 28-28)

Peso pesado (até 120,2kg.): Gokhan Saricam derrotou Kirill Sidelnikov  na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso pena (até 65,7kg.): Nathan Kelly derrotou Scott Pedersen na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso pena (até 65,7kg.): Lee Hammond derrotou Jamie Hay por nocaute técnico a 3m32s do R1

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276