Júnior Cigano assina com organização de Khabib e já tem data e adversário para estreia; confira

Ex-campeão do UFC, estrela brasileira é a nova aposta do ‘Eagle FC’; peso pesado não se apresenta desde dezembro de 2020

J. Cigano não luta desde dezembro de 2020. Foto: Reprodução Facebook Júnior dos Santos Cigano

Ícone brasileiro no MMA e ex-campeão do UFC, Júnior Cigano está de ‘casa nova’. Fora do Ultimate desde 2020, o catarinense, agora, representa o Eagle FC, evento dirigido por Khabib Nurmagomedov. A informação foi divulgada pelo ‘Ag.Fight‘. O peso pesado, inclusive, já tem data e adversário para sua estreia.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Na retomada de sua carreira, Cigano será a estrela principal do evento confirmado para 20 de março. O ex-campeão do UFC terá um antigo companheiro de companhia como rival. Yorgan de Castro será o responsável por dividir o cage com o catarinense.

Um dos maiores nomes brasileiros na história do peso pesado no MMA, Júnior volta à ativa após pouco mais de um ano de inatividade. Seu último compromisso aconteceu em dezembro de 2020, quando acabou superado por Ciryl Gane.

PUBLICIDADE:

Responsável por tentar estragar a festa de Cigano, Castro se encaminha para seu segundo compromisso na organização presidida por Khabib. Após passagem apagada pelo Ultimate e posterior dispensa, o lutador de Cabo Verde vem de dois triunfos consecutivos, o último, em seu debute em Eagle FC, realizado em janeiro desta temporada.

Profissional no MMA desde 2006, Júnior viveu seu maior momento na carreira em 2011. Na ocasião, o atleta chocou o mundo ao atropelar Cain Velasquez e conquistar o cinturão dos pesados do Ultimate. O catarinense acabou sendo desligado da companhia em 2020, depois de sofrer quatro nocautes consecutivos.

PUBLICIDADE:

Recentemente, Cigano havia sido confirmado como uma das estrelas do Triad Combat e enfrentaria o especialista no boxe, Kubrat Pulev. O evento, que aconteceria em fevereiro, no entanto, acabou cancelado sob alegação de ‘motivos de segurança’.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano