Scott Coker questiona decisão de Kayla Harrison de renovar com a PFL: ‘não sei quem ela vai enfrentar’

O presidente do Bellator foi um dos maiores interessados em contratar a bicampeã olímpica, invicta no MMA profissional

K. Harrison renovou seu vínculo com a PFL. Foto: Reprodução / Twitter PFL

Na última quarta-feira (9), a PFL anunciou a renovação de Kayla Harrison, bicampeã olímpica e campeã de duas edições do evento. Para renovar com sua estrela, a organização precisou superar as fortes concorrências do UFC e, principalmente do Bellator, que tinha conversas avançadas com a lutadora.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em entrevista ao “MMA Junke Radio”, Scott Coker falou sobre renovação de Kayla com a PFL. O presidente do Bellator questionou a opção escolhida pela campeã e opinou que ela deveria se testar contra adversárias de maior calibre fora de sua atual organização.

“Sobre a Kayla, não sei quem ela vai enfrentar lá. Ela tem que enfrentar as mulheres que são dominantes na divisão de peso, que são Cyborg, para mim a maior lutadora de todos os tempos, Amanda Nunes e então Kayla. Ela está crescendo, está se saindo muito bem, mas precisa enfrentar alguém que realmente mostre que ela tem a habilidade para lutar no nível de elite. Por isso nós tentamos. Cris Cyborg falou que enfrentaria qualquer uma e sugeriu contratá-la. Eu achei que seria uma luta interessante de promover, mas não deu certo. Às vezes dá certo, às vezes não. Vamos continuar nosso negócio com Cris. Espero que eles encontrem alguém para enfrentar Kayla em algum momento”, disse o presidente do Bellator.

PUBLICIDADE:

Bicampeã olímpica no judô (Londres-2012 e Rio-2016), Kayla Harrison estreou no MMA em junho de 2018. De lá para cá, a norte-americana entrou em ação 12 vezes, com 12 vitórias, sendo cinco por nocaute e cinco por finalização.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano