Michael Bisping elogia ‘jeito provocador’ de Colby Covington: ‘Eu acho que ele faz um ótimo trabalho’

O ex-campeão dos médios saiu em defesa do polêmico lutador e disse que acha 'fantástico' o jeito com que o norte-americano vende as suas lutas

C. Covington durante coletiva de imprensa antes do UFC 272 (Foto: Instagram/UFC)

Amado por uns, odiado por outros: poucas frases definem tão bem o que o jeito provocador de Colby Covington causa em fãs e imprensa especializada. Em declaração dada ao ‘MMA Fighting‘, o ex-campeão dos médios (até 83,9) rasgou elogios ao norte-americano e enalteceu a sua capacidade de atrair público aos seus eventos, com o seu polêmico ‘trash talk‘.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu acho que ele faz um ótimo trabalho. Acho que ele realmente vende (suas lutas). Acho que ele deixa as pessoas muito, muito interessadas. Ele é um salto. Fiz uma entrevista com ele na semana passada para a ‘BT Sport’ e foi uma entrevista muito convincente, muito honesta e aberta dele”, disse Bisping.

O ex-lutador também elogiou o talento de Colby e enalteceu mais uma vez a sua capacidade de vender lutas, ao que chamou de ‘trabalho fantástico’.

PUBLICIDADE:

“A realidade é que Colby é um lutador incrível, ele realmente é. Ele é apenas azarado em alguns aspectos que Kamaru Usman é o campeão e ele está por perto no momento. Se não fosse por isso, ele provavelmente seria o campeão. Acho que ele traz muita emoção. Aquela luta contra Usman no Madison Square Garden, adorei cada segundo daquela conferência de imprensa e isso foi por causa do Colby, por causa do que ele trouxe para a mesa. É a mesma coisa com o Jorge (Masvidal), a mesma coisa toda vez, e se eu fosse um fã, eu teria comprado aquele pay-per-view depois de assistir isso. Então ele está fazendo o que está se preparando para fazer. Ele está promovendo a luta, está exagerando a luta, ele está tentando colocar um pouco de dúvida na mente de seu oponente, não tenho certeza se ele é bem sucedido nisso porque eu acho que muitas pessoas agora sabem que ele está apenas interpretando esse personagem, mas promovendo sua luta, ele faz um trabalho fantástico”, finalizou Michael.

Número 1 dos meio-médios (até 77,1kg), Colby encontra-se atualmente em um ‘limbo’ na categoria. Em suas últimas 11 lutas, o norte-americano foi derrotado em apenas duas oportunidades, ambas para o campeão Kamaru Usman. Profissional de MMA desde 2012, o ‘Caos’ possui um cartel de 17 triunfos e três reveses na carreira.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano