Kayla Harrison quer enfrentar Amanda Nunes e Cris Cyborg por posto de ‘melhor lutadora da história’

Norte-americana acredita ter boas chances de vencer brasileiras e deseja 'colecionar cinturões' de organizações

K. Harrison está invicta em 12 lutas. Foto: Reprodução/Instagram

Apesar de assinar renovação de múltiplas lutas com a PFL, Kayla Harrison não desistiu de almejar enfrentar as maiores atletas da história do esporte. E, em entrevista ao ‘The Schmo’, a norte-americana diz que deseja colecionar cinturões de todas as organizações, além de reafirmar desejo de medir forças contra Amanda Nunes e Cris Cyborg.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu vou buscar o posto de maior atleta da história dos esportes de combate. Eu só acho que tenho que ir com cautela. Tenho que vencer (Cris) Cyborg e Amanda (Nunes). Obviamente que isso está em meus planos. Eu tenho que ganhar mais alguns títulos. (…) Se eu ganhar cinturões em todas as grandes organizações, ou vencer campeãs de todas as grandes organizações, isso me torna a maior de todos os tempos?”, disse Kayla.

Harrison é a grande promessa do MMA na atualidade. A norte-americana se destacou ao ser bicampeã olímpica de judô e também faturou o Grand Prix dos leves (até 70,3kg.) da PFL em duas oportunidades. Em seu cartel, são 12 vitórias e nenhuma derrota.

PUBLICIDADE:

O novo contrato pode render muito dinheiro a Kayla, além de um bônus potencial de US$ 1 milhão (cerca de R$ 5 milhões), caso ela vença a temporada da PFL pelo terceiro ano consecutivo.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276