AO VIVO

Acompanhe a PFL 5 2022, com esquadrão brasileiro em ação

Chimaev vê Adesanya mais fácil de ser batido do que Usman: ‘vou arrancar a cabeça dele’

Adversário de Durinho no UFC 273, o russo naturalizado sueco almeja se tornar campeão de duas divisões no futuro próximo

K. Chimaev está invicto em 10 lutas como profissional no MMA. Foto: Reprodução/Instagram

Oponente de Gilbert Durinho no UFC 273, Khamzat Chimaev parece estar com a cabeça já à frente do duelo contra o brasileiro. Durante participação no “MMA Hour”, podcast do site “MMAFighting”, o russo naturalizado sueco falou sobre o desejo de se tornar não apenas campeão dos meio-médios (até 77 kg), como também dos médios (até 83,9 kg) do Ultimate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Durante a entrevista, Khamzat Chimaev afirmou acreditar que Israel Adesanya, campeão dos médios, representa um desafio mais fácil do que Kamaru Usman, detentor do cinturão dos meio-médios, e prometeu “arrancar a cabeça” do nigeriano em um possível duelo no futuro.

“Izzy, acho que seria mais fácil para mim esmagar esse cara do que Kamaru Usman. Ele tem zero wrestling. O cara que ele enfrentou da última vez não é um wrestler e pegou as costas dele. Se eu pego as costas dele, irmão, eu aperto ele até sua cabeça sair. Eu arranco a cabeça dele. Dinheiro fácil para mim”, garantiu Chimaev.

PUBLICIDADE:

Invicto no MMA profissional, Chimaev impressionou em seu início de trajetória no UFC com quatro vitórias por interrupção, sendo três delas no primeiro assalto e duas delas com apenas dez dias de diferença. Mesmo sabendo que ainda tem um caminho a percorrer, o sueco acredita que pode se tornar campeão de duas divisões no futuro próximo.

“Eu sinto que posso matar todo mundo, irmão. Eu sou o maior de todos os tempos, irmão. Eu sou o melhor”, afirmou o “Lobo”.

PUBLICIDADE:

Khamzat Chimaev enfrenta Gilbert Durinho no UFC 273, no dia 9 de abril, em Jacksonville, Flórida (Estados Unidos).

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano