Vale ficar de olho; Conheça Karol Rosa e Matheus Nicolau, promessas brasileiras que caminham rumo ao cinturão do UFC

Ranqueados em suas divisões, os dois atletas enfrentam desafios importantes nesse sábado (26), para continuarem sonhando com o título mundial

M. Nicolau e K. Rosa representarão o Brasil no UFC Columbus Foto: MONTAGEM/ SUPER LUTAS

Mesmo sem nomes de grande destaque, vale a pena ficar de olho em dois atletas brasileiros que estarão no card do UFC Columbus, que acontecerá nesse sábado. O peso mosca (até 56,7kg) Matheus Nicolau e a peso galo (até 61,2kg) Karol Rosa serão os principais representantes tupiniquins na noite e, em caso de vitória, podem dar um passo enorme rumo a elite de suas respectivas categorias.

PUBLICIDADE:

Com isso, o SUPER LUTAS faz um aquecimento e lembra o leitor o que está em jogo para dois dos quatro lutadores que representarão o ‘Esquadrão Brasileiro’.

Veja Também

Matheus Nicolau

M. Nicolau é promessa brasileira no peso mosca do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE:

Em 2018, Matheus Nicolau foi demitido do UFC de forma surpreendente, em meio a boatos de que a categoria dos moscas seria encerrada. Na época, o brasileiro vinha embalado por três vitórias consecutivas e foi freado por um nocaute aplicado pelo norte-americano Dustin Ortiz, ainda no primeiro round. Quase quatro anos depois do seu desligamento, o atleta de Belo Horizonte prova a cada combate, que aquela decisão do Ultimate estava mesmo equivocada.

Recontratado em 2021, Matheus venceu seus dois combates nessa nova passagem e, atualmente, é o sétimo colocado no ranking da categoria liderada pelo seu commpatriota Deiveson Figueiredo. No UFC Columbus, Nicolau enfrentará o perigoso tcheco David Dvorak, que ainda não foi derrotado com as luvas do Ultimate. Em caso de vitória, o atleta deve entrar no top-5 da divisão e ficar bem próximo de uma oportunidade de lutar pelo cinturão da maior organização de MMA do mundo.

PUBLICIDADE:

Karol Rosa

K. Rosa posa para foto antes de luta pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE:

Considerada uma das grandes promessas da divisão dos galos (até 61,2kg) desde a sua chegada ao Ultimate, Karol Rosa vem se destacando por suas vitórias mas peca por ser uma atleta que não é das mais ativas. Desde a sua contratação, em agosto de 2019, a lutadora capixaba fez apenas quatro lutas, onde saiu vitoriosa em todas elas.

Décima segunda no ranking da divisão liderada por Julianna Peña, Karol pode alcançar o top-10, caso vença a veterana Sara McMann no UFC Columbus. Antes do maior desafio da sua carreira, a brasileira já passou por Lara Procópio, Vanessa Melo, Joselyne Edwards e a hoje aposentada Bethe Correia. A atleta de 27 anos possui um cartel de 15 triunfos e três reveses no MMA profissional.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276