Francis Ngannou reafirma foco no boxe e se oferece para lutar contra Tyson Fury em cabine telefônica

Campeão do UFC, camaronês brinca com possibilidade para que luta contra pugilista saia do papel

F. Ngannou (esq.) e T. Fury (dir.) se provocam com certa frequência. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Campeão peso pesado (até 120,2kg.) do UFC, Francis Ngannou está disposto a fazer de tudo para chamar a atenção de Tyson Fury, de olho em uma luta de boxe contra o pugilista. Mesmo que isso signifique medir forças contra o atleta em cabine telefônica ou em telhado de uma casa.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu realmente não me importo como isso pode acontecer. Só acho que vai ser uma luta contra Tyson Fury e, para isso, pode ser em uma cabine telefônica ou onde quer que seja, desde que essa luta aconteça. (Até mesmo) no telhado – essa luta vai acontecer”, afirmou Ngannou em seu canal oficial no ‘YouTube’.

Francis, agora, se recupera de uma lesão no joelho e deve ficar de fora até o final do ano. O camaronês venceu Ciryl Gane em sua última apresentação e defendeu o cinturão dos pesados, em janeiro deste ano. Ele vive impasse salarial com UFC e fala, frequentemente, sobre a possibilidade de migrar à ‘nobre arte’.

PUBLICIDADE:

A luta, no entanto, pode não acontecer. Em entrevista recente ao ‘The MMA Hour’, Tyson Fury afirmou que que dará adeus ao esporte contra Dillian Whyte, em duelo previsto para acontecer em 23 de abril.  Fenômeno do boxe na atualidade, o inglês é campeão da WBC (Confederação Mundial de Boxe) e do ‘The Ring’ e conta com um cartel de 31 vitórias em 32 compromissos.

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276