Estrela do UFC 273, Khamzat Chimaev revela quem o inspirou a iniciar nas artes marciais mistas

O prospecto russo afirmou que o nocaute de Conor McGregor sobre José Aldo, em 2015, foi o 'pontapé inicial' para que ele se aventurasse de vez no MMA

K. Chimaev (foto) está invicto em dez lutas no MMA profissional. Foto: Reprodução/Instagram

Considerado uma das maiores promessas do Ultimate na atualidade, o sueco Khamzat Chimaev fez questão de lembrar como resolveu iniciar nas artes marciais mistas. Em entrevista à ESPN, o peso meio-médio (até 77,1kg) revelou que se interessou pelo esporte ao ver Conor McGregor nocautear José Aldo em apenas 13 segundos, no UFC 194, em dezembro de 2015.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Lenda do jiu-jitsu, Rodolfo Vieira passa por exame cerebral após ser vetado de lutar no UFC 270

Veja Também

“Eu vi Conor McGregor nocautear José Aldo e pensei: ‘Se aquele cara fez essa m***, por que eu não posso fazer?’. Eu sou mais forte mentalmente do que ele, meu corpo é maior do que o dele. Naquela época, eu estava me sentindo: ‘Se eu encontrar com ele na rua, eu poderia quebrá-lo’. Se ele ganha esse dinheiro, por que não eu?”, questionou Chimaev.

PUBLICIDADE:

Invicto no MMA profissional com 10 vitórias, o sueco encontrará no próximo sábado, o maior desafio da sua curta carreira profissional. Do outro lado do octógono, estará o ex-desafiante da divisão Gilbert Durinho, número dois do ranking liderado pelo nigeriano Kamaru Usman.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276