Quem vence? Lutadores dão palpites para confronto entre Gilbert Durinho e Khamzat Chimaev no UFC 273

Fabrício Werdum, Bruno Blindado, Carlos Boi e Davi Ramos analisam confronto no card principal do próximo sábado (9)

No card principal do UFC 273, evento que acontece no próximo sábado em VyStar Veterans Memorial Arena, na Flórida (EUA), Gilbert Durinho mede forças contra Khamzat Chimaev, de olho no título dos meio-médios (até 77kg.). Com exclusividade ao SUPER LUTAS, quatro atletas do MMA deram seus palpites sobre quem sairá vencedor no confronto.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Durinho visa uma nova oportunidade pelo cinturão, que pertence a Kamaru Usman e vem de triunfo sobre Stephen Thompson, em julho de 2021. Em sua carreira, agora, o brasileiro conta com um cartel de 20 resultados positivos e quatro negativos.

Invicto no MMA profissional, Chimaev impressionou em seu início de trajetória no UFC com quatro vitórias por interrupção, sendo três delas no primeiro assalto e duas delas com apenas dez dias de diferença. O sueco vem de importante triunfo sobre Li Jingliang, em outubro.

PUBLICIDADE:

Fabrício Werdum

“O Durinho é meu amigo e, obviamente, estou torcendo para Durinho. Mas, sendo real, realmente o checheno está demais. Com uma área de campeão.  Está bem, consciente em tudo e treinado. A gente consegue ver quando o cara vai ser o campeão e se torna campeão também. (…), mas acredito muito no Durinho, que é um cara focado e treina muito. E, levando para o chão e fazendo o jogo certo para tentar finalizar, acho que ele consegue”, analisou o ex-campeão dos pesados do UFC.

Bruno Blindado

“Durinho é um cara especialista que é especialista em jiu-jitsu, mas que vem provando na luta em pé e mostrando que é um cara bom de porrada e wrestling. Chimaev é habilidoso, talentoso, mas ainda não o vi lutando contra caras de níveis altos. É uma luta perigosa para ambos os lados; Durinho é especialista em jiu-jitsu, mas tem uma boa parte em pé. E o checheno tem a cabeça boa. É uma briga boa. Sendo patriota, acho que Durinho ganha. Mas, analisando os dois lados, não sei quem ganha essa luta”, disse o peso médio.

Carlos Boi

“Tem muita gente colocando Chimaev no pedestal, mas a galera está esquecendo que Durinho é um cara de nível mundial justamente na área que Chimaev é bom. Vai ser uma luta dura e, se fosse para apostar, seria no Durinho. Ele já mostrou que teve uma evolução muito grande na área da trocação – que é onde eu acho que vai se desenrolar a luta”, palpitou o baiano.

PUBLICIDADE:

Davi Ramos

“Eu já treinei com Durinho há mais tempo e sei que ele tem jiu-jitsu muito melhor e mais refinado. Eu não posso dizer que ele tem o mesmo Wrestling do Chimaev, que é um cara que vem de uma região que eles são ‘alto nível’ de Wrestling. Mas nada que Durinho não possa colocar para baixo. Acho que essa luta não vai rolar por baixo, pois Chimaev vai ter consciência de ir para o chão. Acho que vai se desenrolar mais em pé (…) O Durinho tem a mão pesadíssima e é isso que eu vejo na luta”, concluiu o atleta.

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276