McGregor enfrenta seis acusações por direção perigosa após detenção efetuada em março

Lenda do MMA, ‘Notório’ se envolveu em nova confusão longe do octógono, quando conduzia um veículo carro em alta velocidade na Irlanda

C. McGregor em coletiva pelo UFC. Foto/Reprodução: YouTube

Semanas após ser detido na Irlanda, no fim de março, por conduzir um automóvel em alta velocidade, Conor McGregor, novamente, teve de enfrentar a justiça. De acordo com o ‘Dublin Live’, a lenda do MMA enfrentará seis acusações por infrações no código de estradas do país, situação determinada em audiência realizada nesta quinta-feira (7), na Corte de Blanchardstown. No incidente do último mês, o ex-campeão do UFC foi detido, mas liberado na sequência, após pagamento de fiança.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Segundo informações divulgadas pelo ‘MMA Fighting’, Conor, inicialmente, foi acusado de direção perigosa. O atleta, no entanto, teve sua situação agravada com mais quatro penalizações: dirigir sem seguro, carteira de habilitação e não apresentar a documentação solicitada no prazo de 10 dias, sob exigência das autoridades de Garda, na Irlanda.

À época, o representante de Conor, Keren Kessler, afirmou que o atleta se dirigia para a academia quando foi abordado pela força policial.

PUBLICIDADE:

Após a primeira sessão para tratar do caso, McGregor ainda terá de passar por mais uma audiência. Para a solução do processo, o irlandês deverá retornar à corte em junho.

O perfil ‘Violent Money TV’, no Twitter, registrou o momento em que o lutador deixava a audiência. O atleta, no entanto, optou por não conversar com a imprensa.

PUBLICIDADE:

Um dos maiores fenômenos na história do MMA, McGregor se recupera de uma grave lesão sofrida no tornozelo esquerdo, em julho de 2021. Antigo duplo campeão do UFC, o ‘Notório’ se prepara para seu retorno ao MMA.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano