Em virada impressionante, Alexey Oleynik finaliza Jared Vanderaa e chega à 60ª vitória na carreira

O russo de 44 anos resistiu às investidas do norte-americano e alcançou a 46ª vitória por finalização no MMA profissional

A. Oleynik finalizou J. Vanderaa no UFC 273 (Foto: Instagram/UFC)

Vencer é bom, mas vencer pela 60ª vez é especial. No card preliminar do UFC 273, Alexey Oleynik finalizou Jared Vanderaa no primeiro round e alcançou essa impressionante marca na carreira. O peso pesado (até 120,2 kg) russo superou um momento difícil, escapou de tentativas de finalização e conseguiu a vitória através de um estrangulamento.

PUBLICIDADE:

Veja Também

O triunfo no UFC 273 foi o de número 60 de Oleynik na carreira e marcou também sua 46ª vitória por finalização. O russo de 44 anos deu fim a série de derrotas que durava três lutas.

Do outro lado, Jared Vanderaa perdeu pela terceira vez seguida no UFC. O norte-americano tem apenas uma vitória no Ultimate, conqusitada em maio de 2021.

PUBLICIDADE:

A LUTA

Com seu jeitão clássico, Alexey Oleynik iniciou combate apostando no famoso “mata-cobra”. Após algumas tentativas frustradas por Vanderaa, o russo finalmente conseguiu botar a luta para baixo, mas acabou caindo em posição de desvantagem. O norte-americano tentou “usar o feitiço contra o feiticeiro” e teve algumas chances de finalizar a luta, chegando inclusive às costas de Oleynik. Especialista na arte suave, o russo conseguiu reverter a posição e após um ajuste técnico, encaixou um estrangulamento implacável para cima de Vanderaa, chegando à 46ª finalização da carreira.

Confira as estatísticas do duelo entre Alexey Oleinik e Jared Vanderaa:

PUBLICIDADE:

Ian Garry não empolga, mas bate Darian Weeks e se mantém invict

I. Garry após vitória no UFC (Foto: Instagram/UFC)

PUBLICIDADE:

No encerramento do card preliminar do UFC 273, Ian Garry superou Darian Weeks na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28) em duelo válido pela divisão dos meio-médios (até 77 kg). Considerado a maior promessa do MMA irlandês pós-McGregor, o jovem de 24 anos não empologou, mas fez uma luta estratégica para sair com o resultado positivo.

Ian Garry conquistou a segunda vitória consecutiva no octógono do UFC e se manteve invicto na carreira. O ex-campeão do Cage Warriors tem agora nove triunfos em nove lutas profissionais.

Do outro lado, Darian Weeks segue sem vencer no Ultimate. O norte-americano chegou invicto à organização, mas perdeu as duas lutas que fez no octógono.

Confira as estatísticas do duelo entre Ian Garry e Darrian Weeks

Anthony Hernandez supera Josh Fremd em luta movimentada

A. Hernandez derrotou J. Fremd no UFC 273 (Foto: Instagram/UFC)

Na penúltima luta do card preliminar, válida pela divisão dos médios (até 83,9 kg), Anthony Hernandez superou Josh Fremd na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28). Os dois atletas fizeram uma luta muito movimentada no solo, recheada de tentativas de finalização de ambos os lados.

Anthony Hernandez conquistou a segunda vitória consecutiva no UFC. Esta é a primeira sequência de triunfos do “Fluffy” desde que estreou no UFC, em fevereiro de 2019.

Do outro lado, Josh Fremd estreia com derrota no octógono do Ultimate. O atleta de 28 anos tem agora nove vitórias e três reveses na carreira.

Confira as estatísticas do duelo entre Anthony Hernandez e Josh Fremd

Raquel Pennington supera Aspen Ladd e alcança quarta vitória seguida

R. Pennington derrotou A. Ladd no UFC 273 (Foto: Instagram/UFC)

Na quinta luta da noite, válida pela divisão peso galo (até 61,2 kg), Raquel Pennington derrotou Aspen Ladd na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28). Com o boxe afiado, ‘Rocky’ utilizou bem as combinações com os punhos para dominar principalmente os dois primeiros rounds e levar a vitória.

O resultado marcou a quarta vitória consecutiva de Raquel Pennington no UFC. Sétima colocada no peso galo, ‘Rocky’ não perde uma luta desde que foi superada por Holly Holm, em janeiro de 2020.

Do outro lado, Aspen Ladd perdeu a segunda consecutiva no UFC. A atleta de 27 anos, que havia sido superada por Norma Dumont em outubro do ano passado, tem agora quatro vitórias e três derrotas na organização.

Confira as estatísticas do duelo entre Raquel Pennington e Aspen Ladd

Mike Mallot estreia no UFC com nocaute espetacular sobre Mickey Gall

M. Mallot nocauteou M. Gall no UFC 273 (Foto: Instagram/UFC)

A quarta luta do UFC 273, válida pela divisão dos meio-médios (até 77 kg), terminou com um nocaute espetacular de Mike Malott no primeiro assalto. O canadense conectou um cruzado de esquerda certeiro na ponta do queixo do norte-americano, que caiu apagado.

O nocaute sobre Mickey Gall marcou a estreia de Mike Mallot no UFC. O canadense da Team Alpha Male tem agora oito vitórias, um empate e apenas uma derrota na carreira.

Mickey Gall, por sua vez, perdeu a segunda consecutiva. No UFC desde 2016, o norte-americano tem agora seis vitórias e quatro derrotas na organização.

Confira as estatísticas do duelo entre Mike Mallot e Mickey Gall:

Piera Rodriguez estreia batendo Kay Hansen e se mantém invicta na carreira

P. Rodriguez derrotou K. Hansen no UFC 273 (Foto: Instagram/UFC)

Na segunda luta do UFC 273, disputada em peso casado (até 54 kg), Piera Rodriguez derrotou Kay Hansen na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28). A venezuelana superou a blitz inicial da norte-americana e dominou os dois rounds finais para sair com a vitória.

Após a vitória em sua estreia no UFC, Piera Rodriguez se manteve invicta na carreira profissional. “La Fiera” tem agora oito triunfos em oito lutas disputadas no MMA.

Kay Hansen, por outro lado, se vê em situação complicada na organização. Uma das atletas mais jovens do Ultimate, com apenas 22 anos, a norte-americana sofreu a terceira derrota consecutiva no octógono, onde tem apenas um triunfo.

Confira as estatísticas do duelo entre Piera Rodriguez e Kay Hansen:

Podcast #63: Blachowicz merece enfrentar Glover pelo cinturão do UFC? Lyoto perde no Bellator e se complica