Ex-campeão massacrado e Gracie sem vencer no MMA; brasileiros vão mal no card preliminar do Bellator 277

Destaques tupiniquins, Rafael Carvalho e Rhalan decepcionam e perdem por nocaute na primeira metade do evento

R. Carvalho foi duramente noauteado no Bellator 277. Foto: Reprodução/YouTube BellatorMMA

O Brasil começou mal com seus representantes no card preliminar do Bellator 277, realizado nesta sexta-feira (15), em San Jose (EUA). Ex-campeão dos médios (até 83,9kg.) da companhia, Rafael Carvalho e Rhalan Gracie decepcionaram e acabaram nocauteados em seus compromissos. Os tropeços aconteceram diante de Dovletdzhan Yagshimuradov e Tyson Miller, respectivamente.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com Patrício Pitbull como estrela principal do show, Carvalho e Gracie subiram no cage circular como coadjuvantes brasileiros no evento. Mesmo sem a pressão de todos os holofotes, os atletas tiveram atuações apagadas e se complicaram na organização.

Enquanto Rafael atingiu a marca de cinco derrotas nas últimas seis lutas, Rhalan chegou a quatro tropeços seguidos e segue sem vencer como profissional no MMA. Com os resultados negativos, os lutadores correm risco de corte na empresa.

PUBLICIDADE:

Rafael Carvalho é massacrado e se complica de vez na organização

R. Carvalho foi duramente derrotado no Bellator 270. Foto: Reprodução/YouTube Bellator MMA

Não está fácil a trajetória recente do ex-campeão dos médios (até 83,9kg.) do Bellator, Rafael Carvalho. Em uma das lutas principais do card preliminar, o brasileiro não foi capaz de conter a agressividade de Dovletdzhan Yagshimuradov e acabou duramente derrotado. O desfecho contundente aconteceu no minuto final do segundo round.

O passado de glórias de Carvalho deu lugar a um momento preocupante para o tupiniquim. Com a derrota nesta sexta-feira, o lutador atingiu a marca de cinco reveses nas últimas seis apresentações.

PUBLICIDADE:

Vitorioso no embate, Yagshimuradov precisada triunfar e o fez em grande estilo. Antes do confronto contra o brasileiro, Dovletdzhan somava dois resultados negativos consecutivos e ainda não havia vencido na companhia.

Rhalan Gracie decepciona e segue sem vencer no MMA

T. Miller derrotou R. Gracie no Bellator 277. Foto: Reprodução/YouTube Bellator MMA

PUBLICIDADE:

Representante da tradicional ‘Família Gracie’, Rhalan voltou a ter performance apagada nas artes marciais mistas. Adversário de Tyson Miller, o brasileiro teve atuação apagada e acabou superado por nocaute técnico, via interrupção médica, no intervalo do primeiro para o segundo round.

O tupiniquim chegou a ensaiar finalizações, mas acabou sendo vítima dos ataques contundentes de Miller. Ao fim do primeiro round, o representante dos Gracie foi impedido de voltar ao confronto, já que não passou pela análise médica. Com o revés, Rhalan sofre a quarta derrota seguida e segue sem vencer como profissional no MMA.

Estreante na organização, Tyson tem muito o que comemorar. Em sua terceira apresentação nas artes marciais mistas, o atleta venceu com propriedade e segue invicto na modalidade.

Promessa do Bellator massacra estreante

A. Pico (dir.) castigou A. Edwards (esq.) no Bellator 277. Foto: Reprodução/Instagram

Considerado uma das grandes apostas para o futuro do Bellator, Aaron Pico voltou a dar show no cage circular. Diante de Adli Edwards, escalado de última hora para o evento, o pupilo da organização fez valer o amplo favoritismo e castigou o adversário por pouco mais de 10 minutos. Seguro e contundente, a promessa saiu vitoriosa com um nocaute técnico no terceiro round.

Com a vitória, Pico defendeu a quarta posição no ranking dos penas. Além da conquista, o lutador ampliou sua série invicta para seis confrontos.

Vítima da visível qualidade de Aaron, Adli não teve chances contra o candidato a uma futura disputa do título. Com o tropeço na estreia, o atleta teve uma série de sete triunfos encerrada.

Quarto no ranking dos pesados vira luta com nocaute

L. Vassell derrotou T. Johnson no Bellator 277. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Parceiro de treinos de Timothy Johnson teve uma ‘luta para se esquecer’. Adversário de Linton Vassell no confronto que abriu o card principal, o peso pesado (até 120,2kg.) esteve perto de uma vitória, mas acabou vendo o triunfo ‘escapar pelos dedos’ em uma reviravolta marcante do adversário. Depois de chegar perto de ‘apagar’ o oponente, o combatente se cansou e foi superado por um nocaute ainda no primeiro round.

Com o tropeço, Johnson chega ao terceiro tropeço consecutivo. O atleta perdeu a oportunidade de avançar no top 5 da divisão.

Para defender a quarta posição no ranking, Vassell precisou ‘mergulhar em águas profundas’. Com grande poder de recuperação, o combatente ampliou o bom momento e somou o quatro triunfo consecutivo.

Em entrevista ainda no cage circular o atleta pediu uma disputa de cinturão. Caso não seja atendido, o peso pesado sugeriu Valentin Moldavsky como alternativa.

Peso pesado vence por nocaute no primeiro round

T. Fortune derrotou R. Cleveland no Bellator 277. Foto: Reprodução/YouTube BellatorMMA

No encontro entre ‘gigantes’, Tyrell Fortune levou a melhor, e de forma arrasadora. Represente dos pesados (até 120,2kg.), o atleta teve uma apresentação de gala contra Rakim Cleveland. Promessa da divisão, o lutador precisou de pouco mais de um minuto para impor ao adversário um nocaute marcante.

Com a vitória, Fortune se recuperou do tropeço diante de Linton Vassell, no fim da temporada passada. Agora, o lutador soma 12 triunfos em 15 compromissos como profissional no MMA.

Veterano no MMA, Cleveland não conseguiu fazer valer a maior experiência no Bellator 277. O duro nocaute fez com que o combatente chegasse a dois reveses em sequência.

Lutador estraga estreia de rival com nocaute devastador

B. Seronio III derrotou Calob Ramirez no Bellator 277. Foto: Reprodução/YouTube BellatorMMA

Atleta do peso galo (até 61,2kg.), Bobby Seronio III não teve compaixão do adversário no card preliminar do Bellator 277. Promessa da organização, o combatente ‘estragou’ a estreia de Calob Ramirez, e de forma contundente. Agressivo, o atleta ‘apagou’ o adversário com um nocaute fulminante no segundo round.

A vitória de Seronio, de 23 anos, ampliou a invencibilidade na promissora carreira do combatente. Agora, o jovem soma dois triunfos consecutivos em sua trajetória no MMA.

Atropelado em seu debute na empresa, Ramirez não conseguiu retomar o caminho das vitórias. Com o tropeço, o atleta chega a dois reveses em três apresentações nas artes marciais mistas.

Bolanos atropela em revanche e afasta mau momento

G. Bolanos (dir.) atropelou D. Carey (esq.) no Bellator 277. Foto: Reprodução/YouTube BellatorMMA

Finalizado por Daniel Carey 2019, Gaston Bolanos conseguiu sua vingança em grande estilo. Em combate disputado em peso casado (até 66,2kg.), o lutador comprovou sua fama de nocauteador e massacrou o adversário. O triunfo veio com um duro nocaute no segundo final do primeiro round.

O resultado positivo faz com que Bolanos respire mais tranquilo na organização. Antes de subir no cage circular, o lutador amargava dois reveses seguidos.

Atropelado nesta sexta-feira, Carey acabou se complicando na companhia. Agora, o combatente soma quatro derrotas nas ultimas cinco apresentações.

Kyle Crutchmer controla Michael Lombardo e vence por pontos

K. Crutchmer bateu M. Lombardo no Bellator 277. Foto: Reprodução/YouTube BellatorMMA

Atual número nove no ranking dos meio-médios (até 77kg.), Kyle Crutchmer teve performance dominante. Em bom momento na organização, o lutador passou sem sustos por Michael Lombardo. Após três rounds de combate, o atleta foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Com o triunfo, Kyle amplia a boa fase na companhia. Agora, o atleta atinge a marca de três triunfos consecutivos.

Antigo representante da PFL e com passagens no ‘Dana White’s Contender Series’, Lombardo não foi capaz de frear a estratégia de Crutchmer. Controlado por grande parte do confronto, o atleta teve interrompida uma sequência de cinco lutas sem reveses.

Peso mosca amplia invencibilidade em luta movimentada

E. De Los Santos (dir.) derrotou A. Mendez (esq.) no Bellator 277. Foto: Reprodução/YouTube BellatorMMA

Em luta no peso mosca (até 56,7kg.), Edwin De Los Santos passou por um confronto movimentado nesta sexta-feira. Adversário de Alberto Mendez, o atleta não levou sustos, mas precisou de três rounds para somar mais um resultado positivo. Ao fim de 15 minutos, o combatente foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

O triunfo representou a segunda apresentação de Santos como profissional no MMA. O atleta segue invicto na carreira.

Em seu segundo desafio nas artes marciais mistas, Mendez não conseguiu brilhar. A derrota na decisão dos juízes, agora, faz com que o lutador some um tropeço, um ‘no contest’ e nenhum triunfo.

Atleta debuta com surra épica em adversário

R. Luna (dir.) derrotou S. Hernandez (esq.) no Bellator 277. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Atleta do peso pena (até 65,7kg.), Rogelio Luna recordará para sempre de sua estreia como profissional no MMA. Inserido no card preliminar, o lutador passou por um confronto insano contra Socrates Hernandez. Os que acompanharam o embate assistiram uma surra épica, encerrada com um nocaute técnico no terceiro round.

O triunfo marca o primeiro resultado positivo na carreira de Luna. Como atleta amador, Rogelio somou três triunfos e um tropeço.

Derrotado no show, Hernandez segue sem vencer como profissional nas artes marciais mistas. O atleta, agora, tem dois reveses seguidos.

Promessa finaliza no primeiro round e mantém invencibilidade

L. Anderson finalizou JT Donaldson no Bellator 277. Foto: Reprodução/Instagram

Aposta para o futuro dos penas (até 65,7kg.), Laird Anderson deu um verdadeiro show em sua segunda apresentação com as luvas do Bellator. No segundo confronto do evento, o lutador ‘passeou’ contra JT Donaldson e finalizou logo no primeiro round.

Pela segunda vez, Laird fez valer a aposta da companhia. Agora, o combatente de 23 anos soma dois triunfos consecutivos e está invicto no MMA profissional.

Vítima de Anderson, Donaldson se complicou de vez. A derrota fez com que o cartel do lutador ficasse ainda mais negativo, com seis tropeços e quatro resultados positivos.

Meio-pesado dá show em estreia no MMA profissional

T. Haig encaixa mata-leão em A. Benson. Foto: Reprodução/Instagram

Em sua primeira luta como profissional no MMA, Theo Haig deu show. Representante dos meio-pesados (até 93kg.), o atleta não teve dificuldades contra Alan Benson e precisou de apenas um round para liquidar a fatura. O triunfo veio em uma finalização, com um mata-leão, que obrigou o rival a bater em desistência.

Com o resultado, Haig tem motivos de sobra para comemorar. O resultado positivo na via rápida faz com que o lutador estreie com o ‘pé direito’ nas artes marciais mistas.

Em seu debute na companhia, Benson não teve sucesso. Além do tropeço, o combatente, agora, tem três reveses em quatro apresentações no MMA.

Resultados do Bellator 277

CARD PRINCIPAL

Peso pena (até 65,7kg.): Patrício Pitbull derrotou AJ McKee derrotou na decisão unânime dos juízes (49-46, 48-47, 48-47) – Luta pelo cinturão

Peso meio-pesado (até 93kg.): Vadim Nemkov x Corey Anderson terminou sem resultado (No Contest) no R3 devido a cabeçada não intencional de Anderson – Luta pelo cinturão

Peso casado (até 68kg.): Aaron Pico derrotou Adli Edwards por nocaute técnico a 55seg. do R3

Peso pesado (até 120,2kg.): Linton Vassell derrotou Timothy Johnson por nocaute técnico a 4m21s do R1

CARD PRELIMINAR 

Peso meio-médio (até 77kg.): Tyson Miller derrotou Rhalan Gracie por nocaute técnico (interrupção médica) a 5m do R1

Peso pesado (até 120,2kg.): Tyrell Fortune derrotou Rakim Cleveland por nocaute técnico a 1m38s do R1

Peso meio-pesado (até 93kg.): Dovletdzhan Yagshimuradov derrotou Rafael Carvalho por nocaute técnico a 4m04s do R2

Peso galo (até 61,2kg.): Bobby Seronio III derrotou Calob Ramirez por nocaute a 2m14s do R2

Peso casado (até 66,2kg.): Gaston Bolanos derrotou Daniel Carey por nocaute a 4m59s do R1

Peso meio-médio (até 77kg.): Kyle Crutchmer derrotou Michael Lombardo na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)

Peso mosca (até 56,7kg.): Edwin De Los Santos derrotou Alberto Mendez na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso pena (até 65,7kg.): Rogelio Luna derrotou Socrates Hernandez por nocaute técnico a 4m48s do R3

Peso pena (até 65,7kg.): Laird Anderson finalizou JT Donaldson com um mata-leão a 2m44s do R1

Peso meio-pesado (até 93kg.): Theo Haig finalizou Alan Benson com um mata-leão a 2m08s do R1

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276