Após nova vitória no Bellator, Cris Cyborg abre as portas para competir no boxe

Brasileira revela sonho de se testar na 'nobre arte' e diz que falou com agentes sobre a possibilidade

C. Cyborg é a atual campeã dos penas do Bellator. Foto: Reprodução/Instagram

Animada com a trocação no embate diante de Arlene Blencowe na luta principal do Bellator 279 do último sábado (23), Cris Cyborg inovou ao falar sobre sua vontade para a próxima luta. Questionada sobre o assunto em coletiva pós-evento, a brasileira revelou vontade de se testar no boxe e admite que já falou sobre a possibilidade com agentes próximos.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Minha próxima luta deveria ser no boxe. É um dos meus grandes sonhos e talvez isso aconteça na próxima (luta). Eu seguirei trabalhando forte. Não sei quem será minha próxima adversária. Eu já até falei com meus agentes sobre isso”, afirmou Cyborg.

Cris ainda falou sobre a possibilidade de um encontro contra a judoca invicta, Kayla Harrison, que é campeã dos leves (até 70,3kg.) da PFL. Segundo a campeã, ela deseja medir forças contra atletas que deixem seus fãs animados, em busca de grandes lutas na carreira.

PUBLICIDADE:

“As pessoas me perguntam sobre a possibilidade de enfrentar Kayla Harrison e quero algo que meus fãs se divirtam”, concluiu.

Cyborg, de 36 anos, tem como base seu jogo em pé. Em sua carreira, agora, ela coleciona 26 triunfos, sendo 20 desfechos por nocaute. Profissional desde 2005, a campeã das penas (até 65,7kg.) tem apenas dois reveses na carreira no MMA profissional.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276