AO VIVO

Acompanhe o UFC 276, com disputas de cinturão e Alex Poatan

Após pedido, presidente do Bellator admite negociar acordo com Cris Cyborg por luta no boxe

Scott Coker revela acordo com brasileira para liberação em caso de aventura na ‘nobre arte’

S. Coker (esq.) posa com C. Cyborg após evento no Bellator. Foto: Reprodução/Instagram

Cris Cyborg defendeu, mais uma vez, o título das penas (até 65,7kg.) do Bellator 279 por pontos, em combate contra Arlene Blencowe no último sábado (23). Em coletiva pós-evento, ao ser questionada sobre seu próximo passo, a brasileira expressou interesse em competir no boxe.

PUBLICIDADE:

Veja Também

O presidente do Bellator, Scott Coker, foi perguntado sobre a possibilidade de promover um evento para Cyborg se testar na ‘nobre arte’ e não hesitou. Segundo ele, um acordo pela aventura sempre esteve em seus planos no passado e, agora, pode sair do papel.

“Vou ser honesto com você. Eu não quero entrar em muitos detalhes, mas sempre foi um acordo que tínhamos que ela poderia lutar boxe a qualquer momento durante nosso contrato. (…) Eu sei que ela quer lutar com algumas das melhores garotas do boxe, então talvez seja algo que ela queira fazer”, disse Coker em entrevista pós-Bellator 279.

PUBLICIDADE:

Cyborg, de 36 anos, tem como base seu jogo em pé. Em sua carreira, agora, ela coleciona 26 triunfos, sendo 20 desfechos por nocaute. Profissional desde 2005, a campeã das penas (até 65,7kg.) tem apenas dois reveses na carreira no MMA profissional.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276