AO VIVO

Siga o UFC Las Vegas 57 com três brasileiros. AO VIVO

Francis Ngannou afirma que renovar com o UFC sem a oportunidade de duelar com Fury ‘não é uma opção’

O camaronês, no entanto, reiterou o desejo de continuar na organização defendendo o cinturão dos pesados

F. Ngannou (esq.) e T. Fury (dir.) se provocam com certa frequência. Foto: Montagem SUPER LUTAS

A aparição de Francis Ngannou no ringue após a vitória de Tyson Fury sobre Dillian Whyte, no último sábado (23), trouxe de volta à tona o imbróglio contratual do atual campeão peso pesado (até 120,2 kg) com o UFC. Enquanto o camaronês insiste que o novo vínculo tenha uma cláusula que o permita enfrentar o, agora aposentado, multicampeão mundial de boxe, o Ultimate busca fazê-lo desistir da ideia.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Durante participação recente no “MMA Hour”, podcast do site norte-americano “MMAFighting”, Francis Ngannou garantiu que não existe a possibilidade de renovar com o UFC sem que tenha a oportunidade de enfrentar Tyson Fury no boxe.

“A luta com Tyson Fury tem que ser parte da discussão. Não é uma opção. Tem que ser parte da discussão, porque se não for parte da discussão agora, nunca vai ser. Se eu assinar outro contrato agora no mesmo modelo de negócio, eu estou ferrado. Não vai acontecer nunca. Então temos que achar um jeito de implementar isso no contrato”, disse o camaronês.

PUBLICIDADE:

Francis Ngannou, no entanto, deixou claro que, por mais que faça questão de enfrentar Tyson Fury nos ringues de boxe, tem como objetivo continuar fazendo grandes lutas no UFC e defendendo o cinturão dos pesos pesados.

“Acho que o UFC é uma grande organização e quero continuar lutando. A luta contra Tyson Fury não vai ser minha última. Quero continuar lutando depois. Ainda tenho um monte de lutas a fazer. Tem Jon Jones, tem a trilogia com Stipe (Miocic), têm outras grandes lutas que posso fazer no UFC, então realmente gostaria que isso acontecesse. Gostaria que chegássemos a um ponto comum”, disse o campeão.

PUBLICIDADE:

Francis Ngannou conquistou o cinturão dos pesados em revanche contra Stipe Miocic, em março de 2021. O camaronês defendeu o título pela primeira vez em janeiro deste ano, contra o então campeão interino Ciryl Gane.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano