GSP questiona estratégia ofensiva de Chimaev em luta contra Durinho: ‘Não pode lutar assim’

Lenda do MMA, canadense diz que sueco se expõe na vontade de acabar com os adversários e, por isso, recebe muitos golpes desnecessários

GSP é um dos maiores nomes da história do UFC. Foto: Reprodução/Instagram @georgesstpierre

Reconhecido, por muitos, como o maior nome da história dos meio-médios (até 77kg.), Georges St-Pierre segue atento às movimentações da divisão. O canadense, que teve o diferencial de ser cauteloso em seu estilo de jogo, questionou a estratégia ofensiva adotada por Khamzat Chimaev no embate contra Gilbert Durinho, que ocorreu no UFC 273, dia 9 de abril.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Foi uma grande luta, pois ele precisava se provar. Havia passado por todo mundo muito fácil. Então, você precisa passar por momentos difíceis para melhorar e evoluir. Não é bom ser atingido na cabeça. Eu gosto do estilo de luta, mas não acho que ele faça uma luta inteligente. Poderia ter facilitado para ele mesmo. Está acostumado a vencer todo mundo assim, mas não pode lutar desse jeito em alto nível. Tem que se preparar, adotar um plano de jogo e se tornar o inimigo perfeito do seu adversário”, analisou St-Pierre em entrevista ao ‘MMA News’.

Khamzat Chimaev está invicto em 11 lutas e, depois de vitória sobre Gilbert Durinho na decisão unânime dos juízes, se aproximou de uma chance pelo cinturão dos meio-médios (até 77kg.), liderado por Kamaru Usman. O sueco, agora, ocupa a terceira colocação, atrás apenas de Colby Covington e Leon Edwards, além do nigeriano.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276