Klidson Abreu acaba com invencibilidade de israelense e vence a primeira na PFL 2022 #2

Peso pesado brasileiro vence a primeira luta desde 2019 e começa a temporada 2022 da Professional Fighters League com três pontos

K. Abreu superou A. Keresh na PFL 2022 #2 (Foto: Instagram/PFL)

Segundo brasileiro em ação na PFL 2022 #2, Klidson Abreu derrotou Adam Keresh na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27). Com quedas importantes ao longo dos três rounds, o brasileiro fez uma luta estratégica, levou a vitória e os três pontos na temporada regular do torneio dos pesados (até 120,2 kg).

PUBLICIDADE:

Veja Também

A vitória sobre Adam Keresh foi a primeira de Klidson Abreu no decágono da PFL. O brasileiro não vencia uma luta desde julho de 2019, quando superou Sam Alvey no UFC. O manauara tem agora um cartel com 16 triunfos, cinco derrotas e uma luta sem resultado.

Do outro lado, Adam Keresh conheceu a primeira derrota na carreira. Nas cinco primeiras lutas da carreira, o israelense havia conquistado cinco nocautes e nunca tinha passado do segundo round.

PUBLICIDADE:

A LUTA

Adam Keresh começou tomando a iniciativa da luta e cercando Klidson Abreu. O brasileiro arriscou um chute alto, mas acabou atingido por um chute na base e foi ao chão, mas rapidamente se levantou. Com a postura lateralizada, o israelense fintava bastante e soltava alguns chutes, mas todos no vazio. Na metade do round, Klidson atacou em queda e conseguiu levar a luta para o solo. Por cima, o brasileiro conseguiu passar para a posição de 100 kg e travar os braços do israelense em um crucifixo. Nos últimos segundos, Klidson ensaiou um katagatame, mas não conseguiu completar o golpe a tempo.

Adam Keresh iniciou o segundo assalto soltando dois chutes oblíquos no joelho de Klidson. O brasileiro rapidamente buscou encurtar, mas acabou cinturado pelo israelense. De volta ao centro do decágono, Keresh explorou bastante os chutes, mas pouco acertou. O brasileiro tentou novamente atacar em queda, mas o israelense defendeu bem e ficou em posição de vantagem no clinch. O árbitro interveio e separou os atletas após Keresh segurar insistentemente na grade. Na reta final, Klidson tentou mais uma queda, mas novamente sem sucesso.

PUBLICIDADE:

No início do terceiro assalto, Adam Keresh foi para o clinch, mas acabou sendo derrubado por Klidson Abreu. Por cima, o brasileiro alternava entre os 100 kg e a meia-guarda enquanto golpeava o israelense. Restando pouco mais de dois minutos, Klidson Abreu conseguiu a montada e atacou o braço de Keresh. O israelense conseguiu defender, mas o brasileiro continuou por cima e amassou o adversário até o final da luta.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano