AO VIVO

Poatan massacra no UFC 276 e chega em Adesanya. SUPER LUTAS debate

De volta ao octógono, Rob Font admite que Marlon Vera não era o rival esperado: ‘Não é uma luta que me faça vibrar’

Número cinco dos galos, o norte-americano mostrou respeito pelo seu rival mas admitiu que essa não é a 'luta que o faz vibrar'

R. Font é destaque da divisão dos galos do UFC Foto: Instagram/UFC

Integrante do top-5 da divisão dos galos (até 61,2kg), Rob Font admitiu que a luta principal do UFC Las Vegas 53, não era o ‘confronto dos seus sonhos’. No ‘media day’ do espetáculo que acontecerá no próximo sábado (30), o norte-americano foi sincero ao revelar que Marlon Vera não era um oponente que estava no seu radar mas prometeu derrotá-lo por finalização.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Ele não era um cara que estava no meu radar. Não era uma luta pela qual eu estava super empolgado, mas vindo de derrota, eu não sei dizer não. Não é uma luta que me faça vibrar, mas é uma luta dura. É uma luta principal, me dá mais exposição e me rende mais um pagamento. Estou feliz com ela. Não é a luta que eu queria, mas é bom estar de volta”, disse Font.

Mesmo sem demonstrar empolgação com o duelo, Rob mostrou respeito pela experiência e talento do seu oponente, porém, prometeu vencê-lo por finalização.

PUBLICIDADE:

“Acho que vai ser uma batalha entre dois jovens assassinos. Ele vai tentar arrancar a minha cabeça e eu a dele. Ele está nesse esporte já há algum tempo, tem muita experiência. Vai ser uma grande batalha, mais uma luta principal. Não vai ser fácil, mas acho que terei a minha mão erguida no fim. Acredito que vou finalizá-lo. Ele vai entrar buscando a trocação, não vai se dar bem e vai buscar a luta agarrada. Nós vamos trabalhar no chão e vou pegá-lo de alguma forma”, cravou Rob.

Número cinco do ranking dos galos, Font teve a sua sequência de quatro vitórias seguidas quebrada no último mês de dezembro, quando foi derrotado pela lenda José Aldo. O norte-americano possui um cartel de 19 triunfos e cinco reveses no MMA profissional.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276