Do Bronx ignora provocações de Gaethje, destaca evolução como atleta e dispara: ‘Pare de falar mer**e venha fazer’

Com exclusividade ao SUPER LUTAS, campeão dos leves se diz um atleta completo, e não se intimida com investidas do desafiante

Campeão dos leves (até 70,3kg.) do Ultimate há cerca de um ano, Charles do Bronx ignorou por completo as provocações de seu próximo adversário. Com exclusividade ao SUPER LUTAS, o brasileiro não se intimidou com as investidas de Justin Gaethje, e garantiu estar pronto para uma grande apresentação no UFC 274, que acontece neste sábado (7). No show, o paulista poderá chegar à sua segunda defesa de cinturão.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“As pessoas querem ‘encher linguiça’. Os que já passaram e perderam a oportunidade de fazer querem falar para se manter na mídia. Não faz diferença o que acham e o que deixam de achar. Faz diferença o quanto minha mente está blindada e o tanto que eu e minha equipe queremos”, afirmou o campeão.

Com histórico de batalhas no octógono, Do Bronx optou por destacar sua evolução enquanto atleta. Hoje, no topo do peso leve, o brasileiro admitiu ter todas os artifícios necessários para sair com mais um resultado positivo dentro da companhia.

PUBLICIDADE:

“O Charles Oliveira é um lutador de MMA. O que é o MMA? É um lutador completo. Luta Muay Thai, boxe, wrestling, tem gás. Faz tudo. (…) Não é mais o cara que entrou no UFC. O cara que entrou no UFC há 11 anos era um cara do jiu-jitsu. Só sabia jiu-jitsu, defender e botar para baixo. Hoje, o Charles do Bronx é um lutador de MMA. (…) Para de ficar falando mer** e vem fazer. Essa é a real”, encerrou.

Neste fim de semana, o brasileiro terá uma nova oportunidade de ampliar seu legado na companhia. Além de tentar seguir no trono da divisão, o paulista busca atingir a marca de 11 triunfos consecutivos.

PUBLICIDADE:

Podcast #63: Blachowicz merece enfrentar Glover pelo cinturão do UFC? Lyoto perde no Bellator e se complica