AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Cigano diz que Ngannou não teria sucesso em transição ao boxe profissional: ‘Técnica limitada’

Brasileiro, que já foi nocauteado pelo camaronês em 2019, afirma que seu antigo algoz não teria chances de vencer Tyson Fury

Ngannou (dir.) e Cigano (esq.) já se enfrentaram no UFC, com vitória do camaronês. Foto: Reprodução / YouTube

A ‘onda’ de grandes nomes do MMA com interesse de se testarem no boxe realmente parece ter chegado para ficar. Depois de Conor McGregor, Anderson Silva e Tyron Woodley, o campeão dos pesados (até 120,2kg.), Francis Ngannou, parece interessado em ser mais um a migrar à ‘nobre arte’ por luta milionária contra Tyson Fury.

PUBLICIDADE:

Veja Também

O desejo de Ngannou, no entanto, não é aprovado por unanimidade entre os atletas. Em entrevista ao podcast ‘Trocação Franca’, o brasileiro Junior Cigano – que já foi nocauteado pelo camaronês em julho de 2019 – afirmou que seu antigo algoz não teria sucesso em transição ao boxe profissional.

“Eu honestamente não acho que, com base em sua última performance (contra Ciryl Gane), que ele teria muito sucesso no boxe. Além de sua técnica ser um pouco limitada na maneira como ele se move, o boxe não é apenas soco. É movimento, como você fica e como você anda. Tyson Fury é um homem gigantesco que se move muito bem. Vimos na última luta (de Ngannou) que ele teria perdido para Gane se tivesse ficado de pé, então ele foi esperto o suficiente para decidir mostrar seu jogo de chão”, avaliou Cigano.

PUBLICIDADE:

Francis, agora, se recupera de uma lesão no joelho e deve ficar de fora até o final do ano. O camaronês venceu Ciryl Gane em sua última apresentação e defendeu o cinturão dos pesados, em janeiro deste ano. Ele vive impasse salarial com UFC e fala, frequentemente, sobre a possibilidade de migrar à ‘nobre arte’.

Ex-campeão dos pesados no UFC, Cigano se prepara para estrear no ‘Eagle FC’ – evento de Khabib Nurmagomedov. Ele mede forças contra o também ex-Ultimate Yorgan de Castro, no dia 20 de maio.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276