Barão diz que já é o único campeão dos pesos galos: ‘Só falta o UFC oficializar’

Brasileiro elogiou o lesionado Dominick Cruz, mas diz que o campeão linear já está afastado há muito tempo

R. Barão (foto) acredita que já merece o cinturão linear dos galos. Foto: Josh Hedges/UFC

R. Barão (foto) acredita que já merece o cinturão linear dos galos. Foto: Josh Hedges/UFC

Renan Barão mostrou porque recebeu o apelido de ‘monstro’ de Dana White, presidente do Ultimate. Em ação no UFC 165, evento realizado no último sábado (21), em Toronto, o atleta potiguar não tomou conhecimento de Eddie Wineland e nocauteou o norte-americano de forma impetuosa no segundo round. As grandes atuações e com Dominick Cruz, campeão linear da divisão, afastado desde 2011,  já fazem o brasileiro se sentir o único campeão da categoria.

“Eu já me sinto campeão, só falta o UFC oficializar. Não falo isso desrespeitando o Dominick Cruz, que é um grande campeão, mas ele já está há muito tempo parado”, disse Barão na coletiva de imprensa após o evento.

O brasileiro chegou a segunda do cinturão interino dos pesos galos ao nocautear Eddie Wineland com um plástico chute rodado no segundo round. Segundo Barão, o golpe é treinado na equipe Nova União e a ordem de ação veio de seus técnicos.

“Sempre treino esse chute na academia. Na hora, os meus treinadores falaram: ‘Joga o chute que vai entrar’. Eu fui lá, joguei um ‘jabzinho’ e, depois, consegui encaixar o chute”, relembrou Renan.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments