Dustin Poirier admite ter aceitado propostas para enfrentar Nate Diaz e cobra resposta do ‘bad boy’

Ex-campeão interino do UFC diz não entender ausência de contrato para confronto contra xodó da torcida norte-americana

D. Poirier cobra contrato para enfrentar N. Diaz. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Sem luta marcada desde a derrota para Charles do Bronx, em dezembro de 2021, Dustin Poirier segue insistindo em um confronto contra Nate Diaz. Disposto a dividir o octógono com o xodó da torcida norte-americana, o ‘Diamante’ revelou ter aceitado duas propostas para encarar o ‘bad boy’. O ex-campeão interino dos leves (até 70,3kg.), porém, mostra indignação com a não confirmação do combate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Essa luta me foi oferecida duas vezes neste ano. Aceitei nas duas oportunidades. Não é como se eu estivesse perseguindo esse cara. Não me ligue pedindo para enfrentá-lo. Talvez ele não possa cumprir um compromisso. Do meu lado, eu aceitei por duas vezes, em 2022”, disse o ‘Diamante’, em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Destaque dos leves do Ultimate, Poirier busca se reencontrar com o caminho das vitórias. Em seu último compromisso, o norte-americano acabou finalizado por Charles do Bronx, em confronto válido pelo cinturão linear da divisão até 70,3kg.

PUBLICIDADE:

Depois de flertar com uma eventual aposentadoria, Poirier parece ter desistido da ideia. O atleta segue buscando seu primeiro combate na temporada 2022, mas ainda não tem um adversário confirmado.

Xodó da torcida norte-americana, Diaz não se apresenta há quase um ano. Em seu último desafio, o ‘bad boy’ foi superado por Leon Edwards, no UFC 263. Nate não vence um confronto desde o encontro com Anthony Pettis, em agosto de 2019.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano