AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Após ofensas contra brasileiros, treinador de Andrea Lee tem perfil em rede social ‘invadido’

O treinador de Andrea Lee, que também é atleta peso galo do UFC, fez comentários de cunho xenofóbico contra brasileiros no UFC Las Vegas 54

T. Kelley recebeu a ‘ira’ dos brasileiros após comentários de cunho racista e xenofóbico (Foto: Instagram)

Bastante criticado pela comunidade do MMA após comentários de cunho xenofóbico contra brasileiros no UFC Las Vegas 54, Tony Kelley recebeu também a ira dos fãs do esporte. O peso galo (até 61,2 kg) do UFC teve seu perfil no “Instagram” “invadido” por brasileiros.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Na caixa de comentários da última publicação do norte-americano na rede social é possível encontrar, no meio de uma “chuva” de bandeiras do Brasil, algumas ofensas e até mesmo ameaças direcionadas ao lutador. Servindo como treinador da peso mosca (até 61,2 kg) Andrea Lee no duelo contra a brasileira Viviane Araújo no UFC Las Vegas 54, no último sábado (14), Kelley ignorou a presença das câmeras e, no intervalo entre o primeiro e o segundo round, afirmou que os atletas brasileiros são sujos e trapaceiros. No final das contas, Lee acabou sendo dominada por Viviane Araújo nos rounds seguintes e o duelo acabou com vitória da brasileira na decisão unânime dos juízes.

Após receber muitas críticas por conta de sua fala, o norte-americano afirmou não se arrepender e colocou a culpa de tudo na “cultura do cancelamento”.  No dia 18 de junho, Tony Kelley deixa o papel de treinador e sobe ao octógono para enfrentar Adrian Yanez em evento do UFC em Austin, Texas (Estados Unidos).

PUBLICIDADE:

Confira a publicação de Tony Kelley ‘invadida’ por fãs brasileiros:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276