Sonnen dispara contra Wanderlei Silva: ‘Lutas no PRIDE foram armadas’

Falastrão não poupou o rival brasileiro e afirmou ter fontes que confirmam sua acusação

Sonnen disse que quer enfrentar 'os caras que têm as maiores vitórias', mas não deixou de provocar Wand

C. Sonnen (foto) voltou a trocar farpas com Wand publicamente. Foto: Josh Hedges/UFC

Se alguém achou que a “guerra” entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen havia acabado, se enganou. Aparentemente, os desafetos apenas estavam preparando mais um capítulo do confronto que, acredita-se, tem tudo para migrar para dentro do octógono. Depois de mais uma série de provocações de Wand, Chael Sonnen não poupou o brasileiro e atacou seu passado como campeão do extinto PRIDE.

“Estou implicando com ele? Sim, estou implicando com ele. Isso remonta a quando ele estava lutando no Japão. Eu fui o primeiro cara a apontar o fato de que aquelas lutas eram falsas, que ele não ganhou lutas no Japão e não teve um cartel de 22 vitórias e nenhuma derrota. Elas (as lutas no PRIDE) foram armadas”, disparou o falastrão, em entrevista ao site “MMA Fighting”.

Sonnen ainda citou algumas testemunhas que, segundo ele, comprovariam sua acusação. “Assim que eu disse isso, outros caras começaram a sair e dizer: ‘Oh, Chael está certo’. De Gary Goodridge a Mark Coleman e Don Frye, eles saíram e disseram ‘Sim, nós estávamos nos bastidores, e sim, elas (as lutas) era armadas’. Ele (Wanderlei Silva) está chateado, mas isso não muda a realidade do que aconteceu”, completou.

Mesmo em meio a um atrito constante com Wanderlei Silva, Chael Sonnen tem outro desafio pela frente em novembro. No dia 16, o norte-americano encara o compatriota, e ex-campeão dos meio-pesados, Rashad Evans na luta co-principal do UFC 167. O evento acontece no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA). No combate principal da noite, o campeão dos meio-médios Georges St. Pierre enfrenta o desafiante Johny Hendricks.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Leandro soares
7 anos atrás

luta armada so tem no ufc vou citar tres delas Wanderlei silva e Lidel Cigano e velasques a ultima Anderson Silva e Cris Weidman