Júnior Cigano atualiza situação e lamenta lesão sofrida no Eagle FC: ‘Me sentia bem’

Brasileiro diz que estava feliz por conseguir se apresentar em bom nível de atuação, antes de deslocar o ombro contra Yorgan de Castro

J. Cigano lesionou o ombro em estreia no Eagle FC. Foto: Reprodução/Instagram @juniorcigano

Após sofrer uma lesão no ombro direito durante o Eagle FC 47, evento realizado na última sexta-feira (20), Júnior Cigano atualizou sobre sua situação. Em seu ‘Instagram’ oficial, o brasileiro revela que se sentia bem na luta diante de Yorgan de Castro e detalha recuperação para possível nova apresentação na empresa de Khabib Nurmagomedov.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Fala, pessoal. Tudo bem? Já estou em casa, com banho tomado e pronto para descansar. Meu ombro já voltou para o lugar. Na posição (com os ombros relaxados) eu fico bem, não sinto mais dor. Já falei com meu médico e a gente vai fazer os exames necessários para saber qual vai ser o procedimento para voltar o mais rápido possível. Eu queria passar para agradecer por todas as mensagens de preocupação”, relatou Cigano.

Depois de quase dois anos sem atuar, Cigano parecia próximo da vitória quando sofreu a lesão, que marcou sua maior série sem vitórias – cinco – na carreira. Ainda assim, o baiano recusa a lamentação e afirma ter saído com a sensação de ‘cabeça erguida’ por sua apresentação.

PUBLICIDADE:

“Eu estava me sentindo muito bem. Estava lutando de uma forma boa, como muitos anos não sentia. Me senti feliz por estar lutando e não queria estar em qualquer outro lugar que não fosse lá. Estava conseguindo entregar tudo que eu tinha me proposto a entregar”, concluiu.

Aos 38 anos, Júnior Cigano é apontado como um dos maiores nomes da história dos pesos pesados (até 120,2kg.) no esporte. Agora, o ex-campeão do UFC coleciona um retrospecto de 21 triunfos e 11 reveses, mas não vence uma luta desde março de 2019, quando nocauteou Derrick Lewis.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276