Com cinco vitórias seguidas, Michel Pereira ‘exige’ vaga no ranking dos meio-médios

Sem sofrer derrota desde fevereiro de 2020, o 'Paraense Voador' afirmou que não deseja enfrentar iniciantes e cravou que merece entrar no top-15 da divisão

M. Pereira derrotou S. Ponzinibbio no UFC Las Vegas 55. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Vivendo o melhor momento da sua carreira profissional, Michel Pereira não usou de falsa modéstia e foi sincero ao reconhecer que é hora de dar saltos maiores na divisão dos meio-médios (até 77,1kg). Em entrevista ao ‘Combate’ após o UFC Las Vegas 55, o ‘Paraense Voador’ exigiu a sua vaga no top-15 da categoria e explicou porque deseja enfrentar grandes nomes como Nate Diaz e Jorge Masvidal.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Lutador sofre duro nocaute, ‘samba’ desnorteado e anuncia aposentadoria no Eagle FC; veja

Veja Também

“Quando eu era o c** de galinha aí, zé ruelinha, eu falava as coisas e me tiravam de tempo, e aí já estou me colocando como ranqueado e quero pegar os tops da categoria. Não quero ficar lutando com cara que tá começando, já passei dessa fase. Quero enfrentar o Nate (Diaz), que tenho vontade de dar uns tapas, e Jorge Masvidal, que mexeu com minha mulher, mandou uma mãozinha, então têm umas coisas que a gente tem que acertar, e para isso eu tinha que entrar no ranking, e eu sempre falei: ‘Vou chegar no ranking, me aguarde que vou chegar’, e vou chegar agora, não é possível que não vou chegar nesse ranking… Aí vou ver o que tem que fazer para entrar”, disse Michel.

PUBLICIDADE:

Provável novo integrante do top-15, o ‘Paraense Voador’ vem embalado por cinco triunfos consecutivos na divisão até 77,1kg. Desde a sua última derrota, em fevereiro de 2020, Michel bateu, em sequência, Zelim Imadaev, Khaos Williams, Niko Price, André Fialho e Santiago Ponzinibbio. O atleta tupiniquim possui um cartel de 28 triunfos e 11 reveses no MMA profissional.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano