AO VIVO

Acompanhe a PFL 5 2022, com esquadrão brasileiro em ação

Durinho se diz impressionado e aponta favoritismo de Do Bronx em possível luta com Makhachev

Brasileiro destaca variedade de golpes na luta agarrada do compatriota e analisa eventual disputa contra o russo

G. Durinho (esq.) torceu para C. do Bronx no UFC 274. Foto: Reprodução/Instagram

Grande nome do jiu-jitsu brasileiro no UFC, Gilbert Durinho rasgou elogios a Charles do Bronx. O meio-médio (até 77kg.), que esteve apoiando o compatriota na vitória sobre Justin Gaethje em abril, revela estar impressionado com o nível apresentado pelo paulista por sua variedade de transições e domínio na luta agarrada.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Ele é muito bom, técnico e tem estilo bonito. Você vê as técnicas que ele utiliza e os detalhes são nítidos. Ele quase conseguiu uma guilhotina, fez a transição para triângulo invertido e finalizou Justin Gaethje com um mata-leão. (…) Ele fez a mesma coisa com Dustin Poirier; quase quebrou o braço de Tony Ferguson – e ninguém havia feito isso com Tony, que perdeu algumas vezes, mas não no grappling. O cara é super técnico, muitas finalizações – guilhotinas, chaves de perna, armlocks. Sempre que ele pega suas costas, ele fica muito comprido. Está em um nível diferente”, disse Durinho em entrevista ao ‘MMA Junkie’.

Com apoio ao compatriota, Gilbert também acredita que Charles pode levar vantagem contra Makhachev. Para ele, o brasileiro tem evoluído em todos os aspectos do jogo e é um lutador superior na atualidade.

PUBLICIDADE:

“O Islam (Makhachev) também é lutador de alto nível. Ouvi de Luke Rockhold e outros caras que ele também é muito bom. Mas ainda aposto meu dinheiro no Charles do Bronx, pois ele pode nocautear, além de finalizar com forte jogo na luta agarrada. Tem a trocação combinada, clinch e tentativas de finalização. Acho que é isso que o torna o melhor”, concluiu.

Apesar da vitória sobre Justin Gaethje, Charles do Bronx foi destituído do posto de campeão dos leves (até 70,3kg.) por falha na balança. Agora, o brasileiro vai lutar pelo título vago em sua próxima apresentação no octógono do Ultimate em busca de recuperar o cinturão.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano