Tai Tuivasa coloca Jon Jones como ‘melhor de todos os tempos’, mas critica postura fora do octógono: ‘É um idiota’

Australiano, que vem se destacando nos pesados, relembrou polêmicas de 'Bones' e declarou interesse em enfrentá-lo

T. Tuivasa (esq.) provocou J. Jones (dir.) de olho em possível luta no futuro. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Destaque dos pesos pesados (até 120,2kg.), Tai Tuivasa enalteceu conquistas de Jon Jones e citou o ‘Bones’ como o maior nome da história das artes marciais mistas. Porém, o australiano fez questão de criticar sua postura, além de relembrar polêmicas do norte-americano fora do octógono.

PUBLICIDADE:

“Jones é, provavelmente, o melhor lutador de MMA de todos os tempos. Não importa se está nos meio-pesados ou pesados. Ele ainda é um idiota. Você pode ser o maior da história, mas se for um idiota, segue sendo um idiota. Bater na sua senhora (Jon foi acusado de agredir sua mulher) ou qualquer coisa é idiotice. E é o que ele é”, disse Tuivasa, em entrevista ao ‘The AllStar’s Fine Dining with Fighters’.

Veja Também

E não para por aí. Apesar de ter luta marcada contra Ciryl Gane, em combate previsto para acontecer em setembro deste ano, Tai Tuivasa expressou vontade de enfrentar Jon Jones no futuro. O ‘Bones’ não atua desde fevereiro de 2020 e ensaia sua estreia na divisão ainda neste ano.

PUBLICIDADE:

“Se eu tivesse a oportunidade, eu lutaria com ele. Eu faço isso para dizer, ‘Um dia, eu vou lutar com o campeão.’ Bem, p***, eu lutei com ele. Ganhando ou perdendo, talvez eu ganhe, talvez eu perca, pelo menos posso dizer que tive grandes experiências. Alguns caras que venci, outros não. É assim que eu meio que vivo minha vida. Se eu tivesse uma chance, é claro, eu faria”, finalizou.

Número três do ranking dos pesados, Tuivasa vem embalado por uma incrível sequência de cinco vitórias consecutivas. Desde a sua última derrota, para Sergey Spivak, em outubro de 2019, o australiano bateu em sequência: Stefan Struve, Harry Hunsucker, Greg Hardy, Augusto Sakai e Derrick Lewis. O ‘Bam Bam’ possui um cartel de 15 triunfos e três reveses no MMA profissional.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276