AO VIVO

Acompanhe o UFC 276, com disputas de cinturão e Alex Poatan

Dustin Poirier aprova mudança na balança após Charles do Bronx não bater o peso para o UFC 274

'Diamante' sugere que UFC adote balanças digitais para aferições antes dos eventos; ele ainda diz que brasileiro poderia ter cortado mais peso para luta contra Justin Gaethje

C. Do Bronx defendeu cinturão contra D. Poirier no UFC 269. Foto: Reprodução/Instagram

A falha de Charles do Bronx na pesagem segue dando o que falar. Apesar de ter um mês desde que o Ultimate retirou o cinturão dos leves (até 70,3kg.) do brasileiro antes de combate contra Justin Gaethje no UFC 274, o antigo rival Dustin Poirier comentou o caso do ex-campeão e sugeriu mudanças na balança para evitar novos problemas na organização.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Precisamos estar com balanças digitais para que não tenhamos novos problemas. Você não pode ter um cara lá tocando uma balança de peso e ele seja responsável por dizer que está meio quilo (acima) ou o que quer que seja. Precisamos de números exatos. Você sobe em uma balança digital, ela aparece na tela, esse é o seu peso real. Eu não gosto do fato de que esses caras estão usando essa balança de equilíbrio”, afirmou Poirier em entrevista ao ‘The Fight With Teddy Atlas’.

Ainda que tenha ponderado sobre possível mudança para balança digital, Poirier acredita que Do Bronx poderia ter se esforçado mais para perder o peso adicional e, assim, manter o combate pelo cinturão. Apesar do problema, Charles se manteve no card e superou Gaethje no primeiro round.

PUBLICIDADE:

“Eles não o estavam carregando. Ele não estava tropeçando. É muito magro e alto, mas não parecia que precisava ser ajudado. Ele ainda tinha vida em seu corpo. Ele poderia ter, ao que parecia, tentado perder mais peso. É uma luta de cinturão”, concluiu.

Dustin Poirier comentou a situação, justamente, de seu último adversário – e algoz. O norte-americano disputou o cinturão linear e teve grandes momentos, mas viu Charles crescer no duelo e finalizar com um mata-leão no segundo assalto. A luta aconteceu em dezembro de 2021.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276