AO VIVO

Siga o UFC Las Vegas 57 com três brasileiros. AO VIVO

Nome modificado e cartel adulterado: lutador que estreia no UFC neste sábado coleciona polêmicas no MMA

Sob acusações de falsidade ideológica, Askar Mozharov tenta apagar passado de ética questionável dentro do esporte

A. Mozharov se apresenta no UFC Las Vegas 56. Foto: Chris Unger/Zuffa LLC

Os fãs do Ultimate têm um motivo extra para acompanharem a luta que abre o card principal do UFC Las Vegas 56, que acontece neste sábado (4). O evento contará com a estreia de Askar Mozharov, atleta ucraniano que tem um passado conturbado no mundo do MMA. Entre as polêmicas, o atleta possui acusações de falsidade ideológica, tendo o cartel adulterado e chegando, inclusive, a alterar seu nome.

PUBLICIDADE:

De acordo com o ‘Fight Finder’, campo de pesquisa de carteis de lutadores vinculado ao site ‘Sherdog’, Mozharov pode ser apontado como um atleta de passado questionável. Partindo de análises à trajetória de Askar no MMA, o jornalista Jay Pettry decidiu ir a fundo nas investigações sobre as possíveis ‘inverdades’ que cercam o nome do peso meio-pesado (até 93kg.).

Veja Também

A. Volkov

Uma das principais polêmicas levantadas contra o combatente está ligada ao nome. De acordo com a pesquisa de Pettry, Mozharov soma múltiplas alterações em seu nome. O atleta chegou a competir usando os nomes Artur Sadkov, Artur Shadkov e Arthur Shadakov.

PUBLICIDADE:

Com ‘outra identidade’, Askar chegou a competir profissionalmente no MMA, chegando a somar nove vitórias e oito tropeços. O cartel irregular poderia ter sido um dos motivos para que o lutador optasse pela modificação do nome.

Chamado atualmente de Askar Mozharov, o ucraniano de 27 anos conseguiu ‘zerar’ seu cartel nas artes marciais mistas. E, agora, acumula 31 compromissos nas artes marciais mistas, sendo 19 triunfos e 12 derrotas.

PUBLICIDADE:

Na tentativa de se explicar, o novo contratado do UFC justificou a confusão envolvendo seu histórico na modalidade. O atleta afirma que parte das desinformações está ligada a confrontos amadores realizados há alguns anos, na China.

PUBLICIDADE:

“Perto dos 18 anos, eu passei um bom tempo competindo em lutas profissionais e enfrentando todos os que eu podia. Não montei meu cartel, mas muitas das lutas aconteceram na China. Algumas das organizações não incluem apresentações nos carteis e você precisa pressioná-las para que sejam computadas. Nos últimos oito anos, ninguém mencionou nada. Acho que alguém da administração quis se mostrar”, afirmou Mozharov.

Sobre a mudança de nome, Askar também buscou se justificar. O atleta tentou conciliar o assunto envolvendo a trajetória no MMA com uma questão familiar.

“Algumas situações aconteceram quando eu estava começando a minha carreira. Eu nem era lutador de MMA e fazia alguns confrontos semiprofissionais.  Eu sequer sabia que isso seria contabilizado no meu cartel. Aconteceu antes de eu mudar de nome. Quando eu tive um padrasto, mudei meu nome e sobrenome. Foi um pouco confuso, mas eu apenas focava na luta e sequer me importava com o cartel. Não significa muita coisa”, disse.

As polêmicas não param por aí. Segundo informações do jornalista Lucas Carrano, do ‘Sexto Round’, Askar e sua equipe tiveram uma nova ‘trapalhada’ ao tentarem modificar, junto ao ‘Sherdog’, uma luta específica no cartel do novo atleta do UFC. O método utilizado, no entanto, acabou abalando ainda mais a credibilidade de Mozharov, já que a parte interessada teria enviado um e-mail na tentativa de se passar por uma organização e buscando que o confronto fosse retirado do histórico do ucraniano.

A parte curiosa é que, embora neguem a participação de Mozharov na luta, há registros em vídeo de que o combatente, de fato, tenha atuado.

Ainda de acordo com Carrano, o cartel de Askar passou por outra modificação nas últimas semanas. Na ocasião, o meio-pesado chegou a somar 25 vitórias e sete derrotas, número mais favorável do que o apresentado atualmente. Após uma revisão, o ucraniano teve os triunfos e reveses ajustados para 19 resultados positivos e 12 negativos.

Polêmicas à parte, Mozharov segue confirmado no UFC Las Vegas 56. O lutador será o adversário de Alonzo Menifield.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano