Após luta histórica em 2020, Jedrzejczyk promete ser ‘cirúrgica’ contra Zhang em revanche no UFC 275

De volta após mais de dois anos de inatividade, ex-campeã dos palhas garante confronto agressivo contra chinesa neste sábado

J. Jedrzejczyk (esq.) e W. Zhang (dir.) fizeram uma das lutas mais emocionantes do UFC 248. Foto: Reprodução/Twitter @UFCBrasil

No reencontro entre as protagonistas de uma luta histórica em 2020, os fãs podem esperar agressividade. Pelo menos é o que garante Joanna Jedrzejczyk. Adversária de Weili Zhang no UFC 275, que acontece neste sábado (11), a ex-campeã dos palhas (até 52,1kg.) sugere que irá impor um verdadeiro massacre à chinesa. No fim de semana, a polonesa volta ao octógono após mais de dois anos de inatividade.

PUBLICIDADE:

“Preciso pisar um pouco no freio, inicialmente. Tomar a iniciativa, ser violenta, mas inteligente nos primeiros segundos de confronto. Não há tempo para se desperdiçar nesta luta. Colocaremos a estratégia em jogo nos primeiros segundos da luta”, admitiu Joanna, em entrevista ao ‘MMA Junkie’.

Veja Também

Derrotada na decisão dividida dos juízes na primeira disputa contra Zhang, Jedrzejczyk espera ter uma performance de gala no sábado. Afiada na provocação, a ex-campeã revela que um dos planos é protagonizar um massacre diante da chinesa.

PUBLICIDADE:

“Será um procedimento médico. Vou ser cirúrgica e utilizarei as ferramentas certas no momento correto. Afiada”, encerrou.

Considerada por muitos como uma das melhores representantes do peso palha na história do MMA, Joanna não se apresenta justamente desde a peleja contra Zhang. A polonesa volta ao esporte de olho em uma nova oportunidade de disputar o título do grupo.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276