Sul-Coreano apaga Erick SIlva e Toquinho finaliza rápido no card principal

Em outras lutas do card, Thiago Silva bateu Matt Hammil, Maldonado superou Beltran e Raphael Assunção superou Dillashaw

TOquinho finalizaO card principal do UFC Fight Night 29, evento que acontece nesta quarta-feira (09), em Barueri (SP), teve de tudo. Finalização, nocaute e lutas na decisão. Destaque para a rápida finalização de Rousimar Toquinho diante de Mike Pierce e o nocaute avassalador de  Dong Hyun Kim sobre Erick Silva.

Com grande reviravolta, sul-coreano apaga Erick

O sul-coreano Dong Hyun Kim jogou um balde de água fria na torcida brasileira. Com uma tática perfeita no primeiro round e com um nocaute espetacular no segundo assalto, o atleta asiático apagou o capixaba Erick Silva e calou a torcida presente na Arena Barueri.

Logo no início da luta, o brasileiro tomou a iniciativa, mas acabou derrubado e mantido por baixo durante boa parte do primeiro round. Erick ainda tentou uma chave de joelho, mas sem sucesso.

Na segunda parcial, o brasileiro abriu o jogo e acertou bons golpes no rival. Em dois momentos Dong Hyun Kim chegou a dobrar o joelho e Silva esteve perto do triunfo. Mas com boa assimilação o asiático conseguiu sobreviver. Mas quando o sul-coreano parecia dominado, ele aplicou o golpe fatal.

Com um golpe de direita, Dong Hyun conseguiu acertar um soco no queixo de Erick que o levou ao chão, apagado.

 Toquinho atropela Mike Pierce

Não deu nem para a saída! O norte-americano Mike Pierce falou, provocou, mas não conseguiu resistir a termina chave de calcanhar de Rousimar Toquinho. Em apenas 31 segundos, o lutador mineiro forçou o rival a desistir da peleja.

Logo no início da disputa, o norte-americano encurtou a distância e trabalhou com uma sequência de dois socos, mas o brasileiro se esquivou e foi derrubado em seguida. Mas rápido no gatilho, ele partiu para o ataque na perna. Pierce se levantou e saiu do golpe. Mas rápido no gatilho, o brasileiro não desistiu do golpe, pegou o calcanhar de Mike e forçou o rival a dar os três tapinhas.

Thiago Silva bate Hammil

Em uma luta sem grandes emoções, Thiago Silva conseguiu emplacar sua segunda vitória consecutiva no UFC. Depois de não bater o peso na terça-feira, o brasileiro entrou no octógono com uma pressão adicional. Mas com boa defesa de quedas e acertando os melhores golpes na luta em pé o paulista deixou o octógono com o triunfo.

Apesar da vitória do brasileiro, quem começou melhor foi o norte-americano. Ele logo encurtou a distância e conseguiu uma queda, mas Thiago Silva se levantou rápido e conseguiu manter a luta em pé.

Na trocação, Thiago trabalhou com chutes baixos e contundências golpes de boxe para abrir vantagem. APor sua vez, Hammil, que não lutava desde setembro de 2012, mostrou sentir a falta de ritmo e chegou perto de desistir do combate em alguns momentos devido ao cansaço.

Ao final, vitória de Thiago Silva na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 29×27).

Maldonado sofre, mas vence Beltran

Fábio Maldonado havia prometido um massacre contra Joey Beltran, mas não foi bem assim que a terceira luta do card principal ocorreu. Embora tenha nitidamente levado a melhor sobre o adversário, o brasileiro passou por maus bocados em alguns momentos do combate. Apesar disso, o “Caipira de Aço” discordou do único juiz que deu vitória para Beltran nas papeletas. Felizmente para Maldonado, os outros dois árbitros o consideraram o vencedor e ele acabou levando o triunfo por decisão dividida.

Assunção e Dillashaw abrem o card principal em grande estilo

Na abertura do card principal do UFC Fight Night 29, Raphael Assunção e T.J. Dillashaw fizeram jus a uma luta entre top-10 da categoria peso galo. Os lutadores fizeram um combate aberto e com boas chances para ambos os lados. Raphael esteve perto de conseguir uma finalização no segundo assalto, enquanto Dillashaw, por sua vez, conseguiu atingir o adversário com bons golpes. No fim das contas, o brasileiro ficou com a vitória por decisão dividia dos juízes.

 Confira abaixo os resultados completos do evento:

Card principal 

Demian Maia vs. Jake Shields;

Dong Hyun Kim derrotou Erick Silva por nocaute no R2;

Thiago Silva derrotou Matt Hamill na decisão unânime dos juízes;

Fábio Maldonado derrotou Joey Beltran na decisão dividida dos juízes;

Rousimar Toquinho finalizou Mike Pierce com uma chave de calcanhar no R1;

Raphael Assunção derrotou TJ Dillashaw na decisão dividida dos juízes;

Card preliminar

Igor Araújo derrotou Ildemar Marajó na decisão unânime dos juízes;

Yan Cabral derrotou David Mitchell na decisão unânime dos juízes;

Chris Cariaso derrotou Iliarde Santos por nocaute técnico no R2;

Alan Nuguette derrotou Garett Whiteley por nocaute técnico no R1;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments